Details

Sueños y discursos, de Quevedo: barroco, sátira e tradução

by Cesco, Andréa

Abstract (Summary)
Esta tese tem por objeto as cinco narrativas de Sueños y discursos, julgadas por consenso universal os melhores escritos em prosa de Francisco de Quevedo y Villegas (1580-1645). #Sueño del Juicio#, #Alguacil endemoniado#, #Infierno#, #El mundo por de dentro# e #El sueño de la Muerte# satirizam os costumes e os personagens de seu tempo, de todas as classes sociais. Após situar autor e obra no contexto social em que estavam inseridos, é realizado um estudo comparativo sobre o barroco literário na Espanha, Portugal e Brasil, estabelecendo elos entre Quevedo, Padre Antônio Vieira e Gregório de Matos. Em um segundo momento, são analisados os principais temas e personagens da sátira quevediana. Por fim, é realizado um estudo crítico das traduções dos Sueños, para o português do Brasil, de Liliana Raquel Chwat (Os sonhos. São Paulo: Escala, 2006), para o inglês, de Wallace Woolsey (Dreams. New York: Barrons Educational Series, de 1976), e para o francês, de Annick Louis e Bernard Tissier (Songes et discours. Paris: José Corti, 2003). Nesse estudo são particularmente escrutinadas as escolhas dos tradutores na recriação de jogos de palavras.
Bibliographical Information:

Advisor:Laura Janina Hosiasson; Luis Alberto Brandão; Andréia Guerini; Andréa Lúcia Paiva Padrão; Walter Carlos Costa

School:Universidade Federal de Santa Catarina

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:literatura espanhola sátira quevedo y villegas francisco de crítica e interpretação linguistica letras artes

ISBN:

Date of Publication:09/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.