Details

The stress index with the depression intensity in college students Níveis de stress e depressão em estudantes universitários

by Fátima Leite, Olga de

Abstract (Summary)
O ser - humano tem sido exposto freqüentemente a inúmeras situações às quais precisa seadaptar - demandas e pressões externas vindas da família, do meio social, do trabalho/escolaou meio ambiente -, além de ser cobrado nas responsabilidades, obrigações, autocrítica,dificuldades fisiológicas e psicológicas. Estes são os fatores que têm levado a dois males daatualidade: stress e depressão. Pesquisas brasileiras sobre o stress, depressão e a relação dosseus sintomas , com o desempenho acadêmico e a vida de universitários ainda são escassascomparativamente à produção científica internacional sobre o assunto, apesar do incrementoapresentado nos últimos anos. Sabe-se que a vida acadêmica aproxima o estudante dasexigências da sociedade no que concerne à atuação profissional e cidadã, exigindo a eficácia,adaptação às novas situações e o lidar com a pressão e aceitação externas. Acredita-se que agraduação tenha ficado mais estressante, mais competitiva, e as pessoas têm dificuldades parafinanciá-la. Por isso, muitos alunos são obrigados a conjugar o trabalho com o estudo. Tanto ostress quanto a depressão influenciam na produção e desempenho acadêmico dos estudantes,pois debilitam a capacidade de raciocínio, memorização, motivação e interesse do jovem comrelação ao processo ensino-aprendizagem. A proposta deste trabalho é correlacionar osíndices de stress com a intensidade de depressão em universitários. Este estudo ocorreu emum Centro Universitário, uma Instituição de Ensino Superior (IES) privada. Nesta pesquisa,participaram 85 acadêmicos dos cursos de Ciências Biológicas, Educação Física eEnfermagem. Todos de ambos os sexos e com faixa etária entre 17 e 41 anos, pertencentesaos turnos diurno e noturno. Com o suporte teórico obtido da revisão de literatura, procedeusea utilização dos seguintes instrumentos de investigação: o Termo de Consentimento LivreEsclarecido, o Questionário Sócio-demográfico, a Lista de Sintomas de Stress ? LSS/VAS, eBeck Depression Inventory ? BDI, os quais foram submetidos à análise estatística e posteriorconfecção dos gráficos. Para isto, utilizaram-se os seguintes programas: Graph Pad PRISM3version 3.02., Microsoft Office Excel 2004, e Qui-quadrado para o cálculo de significância.Esta análise verificou o nível geral de stress e a intensidade de depressão da amostra total,bem como a relação entre os níveis de stress e a intensidade de depressão da amostra totalcom as variáveis sócio-demográficas; identificou os sintomas mais e menos freqüentes destress na amostra total e por curso; verificou em quais dimensões (fisiológica, emocional,cognitiva e social), se concentra o maior nível de stress dos acadêmicos; verificou acorrelação entre as principais variáveis. A amostra geral demonstrou estar no Nível Geral deStress Médio-Alto. A dimensão de stress que mais sobrecarrega os sujeitos é a Emocional.Verificou-se também que 60% da amostra geral não apresentaram depressão e 40% têmdepressão leve e moderada. Os sintomas de depressão apontam para a tendência a irritar-se,ao cansaço, alto nível de exigência pessoal, preocupação com problemas físicos e sentimentode tristeza. A correlação entre stress e depressão encontrada nesta amostra é negativa. Estudosmais aprofundados são essenciais para a compreensão do stress e, principalmente, dadepressão em estudantes universitários
Bibliographical Information:

Advisor:Esdras Guerreiro Vasconcellos

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:psicologia stress depressão estudantes universitários depression college students universitarios depressao mental

ISBN:

Date of Publication:08/30/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.