Details

Competência social e transtornos comportamentais em crianças portadoras de asma moderada e grave

by Salomão Junior, João Batista

Abstract (Summary)
Objetivo - avaliar competência social e transtornos comportamentais em crianças com asma moderada e grave, a partir de percepção dos pais. Causística: foram estudados 62 pacientes, 36 do sexo masculino e 26 do sexo feminino, com idade entre 7 e 16 anos (im:10,94; dp:2,28), com diagnóstico clínico de asma moderada e grave, sem comorbidade, atendidos nos serviços de pneumologia infantil e alergia e imunologia de um hospital escola, no perído de março e setembro de 2000. Um grupo de controle foi estudado no mesmo período, composto de 62 pacientes, 37 do sexo masculino e 25 do sexo feminino, com idade entre 7 e 16 anos (im: 10,26; dp: 2,37), atendidos nos ambulatório de ortopedia e oftalmologia do mesmo hospital, sem qualquer sintomatologia de asma, de alergia respiratória e sem qualquer doença crônica. Material e método - foram utilizados na obtenção dos dados uma ficha de identificação, uma ficha de dados clínicos e um instrumento que avalia competência social e transtornos comportamentais - child behavior checklist (cbcl). Resultados - os resultados foram analisados com testes proporção x (ao quadrado), teste t de student, anadep e anadepmu, adotando-se nível de significância de 0,05. Os pacientes foram classificadossegundo manifestações clínicas da asma: 42 com asma moderada e 20 com asma grave, sendo que 93,55% receberam o diagnóstico da doença antes dos 3 anos de idade. Não houve diferença significante em termos de idade e sexo entre os grupos com asma e controle. Houve associação entre competência social e global e asma (p=0,000) e entre competência social associada a atividades (p=0,001) e escola (p=0,01). Não houve diferença entre crianças com asma e o grupo controle em relação ao aspecto social (p=0,23). Não houve relação entre sexo e idade na análise da competência social, nem quanto à competência social global nem quanto aos aspectos específicos: atividades, escola e social. A análise entre competência social e tipo de asma também não mostrou associação. Houve associação entre presença de transtornos comportamentais e asma (p=0,005), principalmente os transtornos internalizantes (p=0,001). Não houve associação dos externalizantes com a doença. Os transtornos comportamentais não se mostraram associados ao sexo, idade da amostra e tipo de asma. Conclusões - as crianças com asma apresentaram alterações na competência social e global e competência social relacionada a atividades e escola, quando comparadas ao grupo controle. Apresentaram ainda transtornos globais e internalizantes, que podem prejudicar o seu desenvolvimento, sua qualidade de vida, a adesão ao tratamento e o manejo adequado da doença. A integração dos aspectos biológicos, psicológicos e sociais é imprescindível para o delineamento de programas adequados de atendimento à criança portadora de asma e a seus familiares.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Cristina Miuki Abe Jacob; Cláudia Bernardi Cesarino; Maria Cristina de Oliveira Santos Miyazaki

School:Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:PEDIATRIA Asma na Infância Doença Crônica Transtornos Comportamentais Competência Social Pulmonar (Especialidade) Doenças Respiratórias do Comportamento Infantil

ISBN:

Date of Publication:06/12/2001

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.