Details

Até a quarta série está bom!: compreendendo o processo inclusivo no Município de Massaranduba, SC

by Bylaardt, Milene Besen

Abstract (Summary)
Esta dissertação, vinculada à linha de pesquisa Processos e Métodos Pedagógico-Didáticos, objetivou analisar o processo inclusivo das pessoas com deficiência, na rede municipal de ensino de Massaranduba, Santa Catarina, por meio das falas dos sujeitos inseridos na realidade local. A pesquisa, de natureza qualitativa, teve como sujeitos três dirigentes, cinco professoras e nove mães de crianças e adolescentes com deficiência que estão (estavam) matriculados na Rede Regular de ensino de Massaranduba. A coleta de dados, que teve como instrumento entrevistas estruturada e semi-estruturada realizadas nos locais escolhidos pelos sujeitos da pesquisa, ocorreu no segundo semestre de 2005 e no primeiro semestre de 2006. Esta pesquisa enfocou o processo inclusivo educacional no município de Massaranduba em consonância com os documentos oficiais que regem a Educação Especial no Brasil; a relação que se estabelece (ou não) entre a Escola Especial e a Escola Regular do referido município; a compreensão dos conceitos inclusivos dos sujeitos que contribuíram para esta pesquisa; o reconhecimento da proposta inclusiva e seus benefícios a todos; os dados contidos na inserção dos alunos com deficiência queestão atualmente matriculados na Rede Regular de ensino; conceitos sobre inclusão expressos nas falas dos sujeitos da pesquisa; questões que inquietam, como planejamentoescolar, práticas e avaliação; e os desligamentos dos alunos com deficiência da Rede Regular de ensino. As análises foram feitas com base nos estudos de Stainback e Stainback(1999), Mantoan (2003), Sassaki (2001), Mitler (2003), Fávero (2004), Baptista (2002), Beyer (2005), Tardif (2002) e Nóvoa (2001). Os resultados revelaram: a ausência de umPlano Municipal de Educação; que o setor municipal de educação de Massaranduba não possui conhecimento da população em geral que deve atender no Ensino Fundamental; a falta de formação para os profissionais da área de educação; que as metas do setor para a educação não contemplam ações voltadas para a mesma; e a ausência de parcerias e projetos no que se refere à educação inclusiva que se volta para a insatisfação dos profissionais, bem como medo, dúvida e angústia no que se refere à inclusão. Assim,compreende-se que o processo inclusivo não abarca somente as pessoas com deficiência, embora o enfoque maior seja dado à pessoa com deficiência, tratando-se de uma inovaçãodo sistema educacional
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Julianne Fischer

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:EDUCACAO processo inclusivo pessoa com deficiência educação especial

ISBN:

Date of Publication:03/09/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.