Details

A pesca do camarão marinho (Decapoda, Penaeidae) e seus aspectos sócio-ecológicos no litoral de Pitimbu, Paraíba, Brasil

by de Moura, Gilson Ferreira

Abstract (Summary)
O município de Pitimbu, situado no litoral sul da Paraíba, tem na pesca artesanal marinha uma das principais ocupações econômicas, com destaque para a do camarão, responsável pelo envolvimento, direto e indireto, de uma boa parcela dapopulação local. Em função disso, procurou-se, com a execução deste trabalho, fornecer subsídios que permitam contribuir para um futuro ordenamento desta atividade no litoral de Pitimbu, mediante o conhecimento da bioecologia dasespécies de camarão de importância econômica, estratégias de capturas, áreas de pesca, produção, situação ambiental da área costeira, importância sócio-econômica local, grau de organização dos pescadores etc. Para isso, foram realizados estudos biométricos e de determinação dos estágios gonadais com camarões peneídeos obtidos diretamente com os pescadores de arrastão de beira de praia, entre janeiro e dezembro de 2002. Além disso, foram efetuadas entrevistas formais e informais, com pescadores das diferentes modalidades de pesca de camarão em Pitimbu e com dirigentes de suas entidades representativas. Os resultados mostraram que em Pitimbu existem três modalidades de pesca camaroneira: a de arrastão de beira de praia, o arrasto motorizado e a com rede de espera, cada uma atuando em um local específico. Três espécies de importância econômica foram encontradas: Litopenaeus schmitti (Burkenroad, 1936), Farfantepenaeus subtilis (Pérez-Farfante, 1967) e Xiphopenaeus kroyeri (Heller, 1862), dentre as quais L. schmitti apresentou as maiores medidas biométricas e X. kroyeri, as menores. As populações das três espécies foram constituídas, em sua maioria, por fêmeas, sendo compostas,predominantemente, por indivíduos jovens, não havendo deslocamento de classes de tamanho e peso. A maioria das gônadas das fêmeas de L. schmitti encontrava-se nos estágios I e II. Em Pitimbu, só a pesca de camarão através de arrastão de beira de praia, ocorre o ano todo, sendo a que mais contribui com a produção total deste crustáceo na região. A produção estimada para o município em 2002 foi de 74,5 ton, com 41,4 ton provenientes dos arrastos de beira de praia. A comercialização deste crustáceo é feita, principalmente, com atravessadores e a sobra dos arrastões de beira de praia, sem nenhum valor econômico, é distribuída às pessoas carentes do local e de regiões próximas. É comum, nos arrastões de beira de praia, a presença de adolescentes atuando nesta atividade, para ajudar no sustento de suas famílias, os quais contam com o apoio dos pescadores profissionais. Situações de conflito ocorrem, eventualmente, quando pescadores de rede de espera e de arrastos motorizados atuam na mesma área. A atividade camaroneira parece ser suficiente para sustentar as famílias dos pescadores, principalmente as dos arrastões de beira de praia. Os camarões miúdos, oriundos dos arrastões de beira de praia, são comercializados, preferencialmente, com os pescadores de peixe de linha de mão, para serem usados como iscas vivas. Vários impactos ambientais, notadamentesupressão de vegetação de mangue, vêm ocorrendo no litoral de Pitimbu, que, de forma direta ou indireta, terminam afetando a atividade pesqueira. Além disso, a desorganização dos pescadores e de suas entidades de classe, e a falta de umenvolvimento maior dos órgãos públicos governamentais, constituem problemas que precisam ser urgentemente sanados
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:George Nilson Mendes

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Camarão marinho?Pitimbu (PB) Pesca artesanal?Pitimbu marinho-Bioecologia

ISBN:

Date of Publication:02/25/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.