Details

A palavra e a construção de versões de mundo pelo ato da leitura

by Fátima de, Maria de

Abstract (Summary)
A Dissertação está situada na Linha de Pesquisa ?História e Descrição da Língua Portuguesa? ? do Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo ? quer na dimensão do sistema ou na do uso ? e tematiza as formas léxico-gramaticais do idioma brasileiro como fundamento dos processos de textualização: investimento de conhecimentos não lingüísticos pelos lingüísticos. Os fundamentos teóricos são aqueles da Lingüística Textual, na vertente sócio-cognitivo-interativa, focalizados numa interface com aqueles da Lexicologia, para um tratamento adequado da palavra em uso. Tomou-se por pressuposto o fato de as estratégias de produção textual serem as mesmas, quer sejam consideradas em relação aos movimentos de produção de sentidos desencadeados por leituras de textos escritos, ou de escritos de leituras. Privilegiaram-se os movimentos de produção de sentidos desencadeados pelo ato de leitura, de modo a colocar em questão a formação do leitor proficiente, bem como a necessidade de se recontextualizar as práticas de docência do professor de língua materna de escolas do Ensino fundamental e Médio. O ponto de partida da investigação realizada está configurado por uma perspectiva historiográfica, cujos resultados apontam para: a) uma formação de leitor dissociada daquela do escritor, pois esses papéis sociais eram interpretados como profissões e não como fundamento para a prática da cidadania; b) para duas modalidades de leitura, dissociadas entre si: uma intensiva e outra extensiva que, respectivamente, antecederam e precederam ao desenvolvimento da imprensa. Buscaram-se, ainda, recontextualizar essas concepções, propondo como objetivo geral descobrir como se dá a transmudação de um texto-produto em texto-processo por meio do processamento de informações ativadas pelos sinais léxico-gramaticais que organizam lingüisticamente a microestrutura textual, de modo a convertê-la em macroestrutura. Nesse sentido, o professor-pesquisador, em conjunto com seus alunos, optou por aprender a reconstruir as proposições explícitas da base do texto pelas implícitas, de sorte a se valer da leitura significativa: aquela que faculta decodificar compreendendo, para poder interpretar. Os procedimentos adotados, para tanto, foram assegurados pelos princípios da intertextualidade e interdiscursividade e apontam como resultados: a) a extensão de conhecimentos prévios e dos saberes enciclopédicos dos aprendentes; b) o suporte da leitura significativa se qualificar pela leitura-releitura de um mesmo texto (modalidade intensiva) associado a outros que mantêm com ele identidade temática (leitura extensiva); c) a prática de docência de leitura só será significativa se fundada e fundamentada na interdisciplinaridade; d) as escolas precisarem operar com projetos e não com programas de leitura. Entende-se que a pesquisa apresenta matrizes para a construção de uma pedagogia da leitura perpassada por uma pedagogia léxico-gramatical que focaliza o ensino da língua em uso
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jeni da Silva Turazza

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Texto Leitura LINGUA PORTUGUESA Lingua portuguesa -- historia

ISBN:

Date of Publication:02/06/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.