Details

Trajetórias no mercado de trabalho: perfis socioocupacionais de indivíduos e casais da Grande São Paulo

by Barbosa de, Frederico Luiz

Abstract (Summary)
A heterogeneidade é uma característica marcante da sociedade e do mercado de trabalho no Brasil. O mercado de trabalho brasileiro também distingue-se por sua alta instabilidade, ou seja, pela curta duração média das ocupações. Ademais, de modo semelhante ao que ocorre em outros países, as mulheres têm elevado sua taxa de participação na força de trabalho. No Brasil, pelo menos desde meados da década de 1970,esse processo tem sido acelerado pelo crescimento vigoroso da proporção das mulheres casadas no mercado de trabalho. A maior atividade econômica feminina vem ocorrendo sem que tenham sido superadas as diferenças desfavoráveis, em comparação com os homens, quanto a remuneração, condições de trabalho e tipos de ocupação. Por outro lado,a presença crescente da esposa no mercado de trabalho significa que estão sendo alterados seus papéis dentro da família e na sociedade. O objetivo desta tese é, primeiro, investigar as diferenças entre mulheres e homens no mercado de trabalho, considerando a heterogeneidade e a instabilidade desse mercado,para o que se torna essencial incorporar à análise aspectos da experiência mais longitudinal dos indivíduos e a relação entre experiência ocupacional pregressa, atributos pessoais e o desempenho corrente no mercado de trabalho. E, em seguida, a tese visa investigar as combinações vigentes entre as características, ocupacionais e não, do "chefe da família"com as do seu respectivo "cônjuge", como forma de se buscar aferir o resultado dessas combinações para o bem-estar familiar.A base de dados utilizada é a Pesquisa de Mobilidade Ocupacional aliada à Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região Metropolitana de São Paulo - RMSP - de abril-dezembro de 2001. Para se analisarem as trajetórias ocupacionais individuais e as uniões conjugais existentes na RMSP, foram obtidas tipologias por meio do Grade of Membership - GoM -, método que trata a heterogeneidade de modo mais adequado. A tipologia individual resultou em três tipos principais ("Trajetórias Precárias","Instáveis" e "Seguras"), que abarcam cerca de 70% das mulheres e 80% dos homens no mercado de trabalho da RMSP. As mulheres estão mais sob influência das trajetórias"Precárias" do que os homens. A tipologia de casais revelou a grande heterogeneidade dos casamentos. �s três categorias principais ("Casais Vulneráveis", "Duplo Instáveis" e"Estabilizados") corresponde apenas metade das uniões da RMSP. Idade, escolaridade e estratégias econômicas dos esposos, em especial quanto à participação da cônjuge no mercado de trabalho, constituem fatores determinantes para distinguir os casais.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Simone Wajnman; Ana Flavia Machado; Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira; Paulo de Tarso Almeida Paiva; Nadya Araújo Guimarães; Lilia Terezinha Montali

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:mercado de trabalho sã£o paulo regiã£o metropolitana sp teses mulheres emprego

ISBN:

Date of Publication:02/10/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.