Details

A argumentação na obra O abolicionismo de Joaquim Nabuco: uma perspectiva historiográfica

by Volpato, Luno

Abstract (Summary)
O tema de nosso estudo é a argumentação na obra de Joaquim Nabuco, O abolicionismo. Seu escopo é o conhecimento dos recursos argumentativos e dos recursos lingüísticos que constroem essa argumentação, aplicando os princípios da Historiografia Lingüística, a saber, a Contextualização, a Imanência e da Adequação.Sempre nos instigou conhecer mais de perto o ilustre brasileiro, Joaquim Nabuco. Na segunda metade do século XIX, em plena efervescência literária, entre outros nomes relevantes, Joaquim Nabuco conseguiu um lugar de proeminência entre seus pares. Esse detalhe, e pelo fato de sua obra não ser tão divulgada como a de outros clássicos de nossa língua, despertou-nos singular atenção e fomos à busca dos elementos que o levaram a tornar-se uma figura expressiva em sua época.Ele escreveu uma obra em defesa da emancipação dos escravos, O abolicionismo, objeto desta pesquisa. Para melhor conhecê-la, propusemos as seguintes questões que direcionaram nosso estudo: Quais foram os recursos argumentativos e lingüísticos usados pelo autor e, com eles, como teria o escritor atingido seu público alvo, o leitor oitocentista? Qual era seu auditório? A linguagem nabuconeana acompanhou os moldes lingüísticos de sua época? Em pleno movimento de liberdade qual o idioma por ele usado o clássico de Portugal ou o dialeto brasileiro? A que corrente literária pertenceu? Sua linguagem pode ser considerada atemporal?Orientados por essas perguntas, procuramos conhecer com mais detalhes sua obra, sobretudo no que concerne às estratégias por ele empregadas para a adesão do seu interlocutor, à maneira como escolhe as provas, como urde argumentos e a progressão como os hierarquiza e intensifica na proporção que os capítulos avançam.Para atingirmos esse objetivo, seguimos os três princípios propostos por Koerner: o da contextualização, em que se cria o clima de opinião, o da imanência, em que se analisa o corpus com base na Retórica clássica a e o da adequação, em que se atualiza a análise feita, com fundamento em uma teoria moderna, a Nova Retórica. Após a análise, concluímos havermos atingido as metas propostas, conhecemos melhor o processo de criação de Joaquim Nabuco, as técnicas argumentativas usadas, as estratégias de convencimento e comprovamos o caráter de universalidade da obra
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Dieli Vesaro Palma

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Direito Escravo LINGUA PORTUGUESA Justiça Consciência nacional Raça negra Abolicionismo Argumentação Nabuco, Joaquim -- 1849-1910 O abolicionismo Critica e interpretacao

ISBN:

Date of Publication:05/31/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.