Details

A ironia na obra de Cristina Peri Rossi :: ditadura, exílio e depois

by Mendes Galvao, Janaina Aguiar

Abstract (Summary)
Este texto propõe um estudo da ironia na obra da escritora Cristina Peri Rossi, analisando contos dos livros La tarde del dinosaurio (1976) e Una pasión prohibida (1986). Circunscritos no marco histórico da ditaduta e pós-ditadura na América Latina, buscamos examinar como se reflete a tensão gerada pela ironia na significação que este momento político exerce sobre os elementos que compõem seus contos e influenciam sua narração. Num primeiro momento, o confronto entre direita e esquerda se faz mais presente , e a ironia expressa a concomitância dos dois discursos na composição dos contos. Num segundo momento, os contos retratam a transição para uma ordem homogeneizante de redomocratização, e a ironia exacerba um vazio de um futuro que não avança e induz à interrrogação da própria consciência que, que na impossibilidade de fixar-se em um objetivo a conquistar, busca no passado uma re-significação irônica que culmina num vazio não preenchível - como uma ironia que não possui um sentido único e não pode ser significada em uma única perspectiva.
Bibliographical Information:

Advisor:Graciela Ines Ravetti de Gomez; Haydee Ribeiro Coelho; Antonio Roberto Esteves

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:peri rossi cristina 1941 tarde del dinosaurio crã­tica e interpretaã§ã£o teses pasiã³n prohibida ironia na literatura contos uruguaios histã³ria hispano americana

ISBN:

Date of Publication:03/23/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.