Details

Expressão imuno-histoquímica da e-caderina e da ß-catenina em carcinoma epidermóide oral com e sem metástase nodal

by Lopes, Fernanda Ferreira

Abstract (Summary)
As moléculas de adesão E-caderina e ?-catenina têm sido estudadas como possíveis marcadores para distinguir carcinomas com e sem potencial metastático. O objetivo desta pesquisa foi estudar a expressão imuno-histoquímica da E-caderina e ?-catenina em carcinoma epidermóide oral (CEO), visando contribuir para uma melhor compreensão do comportamento biológico desta lesão. A amostra constou de 30 casos de CEO, sendo 15 de língua e 15 de lábio inferior. O padrão e intensidade de marcação e a análise semiquantitativa do percentual de células tumorais imunopositivas em membrana para E-caderina e ?-catenina foram relacionados com a localização anatômica da lesão, a presença ou não de metástase nodal e a gradação histológica de malignidade no front de invasão tumoral. Também foi registrada a presença ou não de imunomarcação citoplasmática e nuclear da ?-catenina. Os resultados foram submetidos à análise estatística, sendo utilizados o Teste de Mann-Whitney, o Teste Exato de Fisher e o Coeficiente de correlação de Spearman (?=0,05). Os resultados mostraram que a expressão em membrana para E-caderina e ?-catenina exibiram, predominantemente, o padrão heterogêneo nos carcinomas de lábio inferior e nos de língua, assim como nos casos com e sem metástase nodal. Aplicados os testes estatísticos, observou-se que não houve diferença significativa entre o padrão de expressão e a quantidade de células imunopositivas para E-caderina e ?-catenina e a localização anatômica da lesão e para a presença ou não de metástase nodal. Porém, verificou-se diferença estatisticamente significativa da expressão reduzida destas proteínas com o alto escore de malignidade. Observou-se que a expressão da ?-catenina em citoplasma estava presente em 22 (73,33%) dos 30 casos analisados, sendo que em 6 casos (20%) houve a expressão em núcleo. Após a análise estatística, foi detectada uma associação significativa entre a expressão da ?-catenina no citoplasma com a gradação histológica de malignidade, estando esta molécula mais freqüentemente presente no citoplasma nos casos de alto escore de malignidade. Conclui-se que a imunoexpressão reduzida destas proteínas em membrana pode estar relacionada com o menor grau de diferenciação celular, bem como com o padrão de invasão em ninhos e em células isoladas, demonstrados nos casos de CEO de alto escore
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Márcio Campos Oliveira; Eider Guimarães Bastos; Roseane de Almeida Freitas; Lélia Batista de Souza

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Câncer oral

ISBN:

Date of Publication:09/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.