Details

Paixões estrangeiras: a vingança

by Vero, Judith

Abstract (Summary)
Este trabalho inicia-se com o 11 de setembro de 2001 a partir do que se pinça a vingança como parte da motivação para os atos de terror acima mencionadosAssim objetivo tornou-se definir rastrear e reconhecer a vingança como elemento componente e estruturante da psique validando-a como força vital O interesse neste tema foi levantado à raiz do episódio de 11 de setembro ocorrido nos Estados Unidos Após um capítulo teórico envolvendo principalmente uma abordagem junguiana o caminho escolhido foi buscar na cultura e em suas expressões elementos que permitissem validar a pesquisa Verificou-se que a vingança encontra-se presente e atuante tanto na mitologia como nas artes em filme literatura e música São citados exemplos em cada uma destas expressões artísticas Após este sobrevôo pela cultura a atenção centra-se no mito de Medéia traduzida por Eurípides para a tragédia como representante do arquétipo da vingança Em seguida a autora recorre aos contos de fada no sentido de explicitar o feminino através da maternidade sendo que nesta leitura a madrasta aparece como a sombra da mãe Segue-se uma entrevista com uma mãe/madrasta filicida A autora entretanto enfatiza a possibilidade de elaboração existente em situações extremas quando a psique ameaçada de aniquilamento pode recorrer à energia subjacente à vingança para reconectá-la (a psique) a seus elementos vitais evitando assim caminhos que de uma forma ou outra reduzem a potencia vital
Bibliographical Information:

Advisor:Alfredo Naffah Neto

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:psicologia arquetípico mitologia vinganca na literatura medeia grega

ISBN:

Date of Publication:09/15/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.