Details

Associação entre os níveis plasmáticos de ácido hialurônico e colágeno IV e o grau de fibrose hepática em portadores do vírus da hepatite c e doença renal crônica em hemodiálise

by de Avila, Renata Eliane

Abstract (Summary)
Nao ha estudos controlados que avaliem a associacao dos niveis de acido hialuronico (AH) e do colageno IV (C-IV) com o grau de fibrose hepatica em hemodialisados com hepatite C cronica. Buscou-se, neste estudo, avaliar o uso dessas substancias como marcadores naoinvasivos de fibrose hepatica nesses pacientes. Estudaram-se, no periodo de maio de 2000 a setembro de 2007, 76 pacientes acompanhados no Centro de Treinamento e Referencia emDoencas Infecciosas e Parasitarias/Secretaria Municipal de Saude de Belo Horizonte/ Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e no Centro de Dialise do Hospital das Clinicas da UFMG, distribuidos em tres grupos: grupo 1: portadores de doenca renal cronica (DRC) em hemodialise e com hepatite C cronica (DRC/hepatite C, n=23); grupo 2:portadores de hepatite C cronica sem DRC (hepatite C, n=29); grupo 3: portadores de DRC em hemodialise, sem hepatite C (DRC, n=24). Dados sociodemograficos, clinicos e laboratoriais de todos os pacientes foram coletados. Nos tres grupos realizou-se a dosagemplasmatica de AH e C-IV, pela tecnica de ensaio-imunoenzimatico (ELISA). Nos grupos 1 e 2, os pacientes haviam sido submetidos a biopsia hepatica e essas dosagens foram relacionadas ao grau de fibrose hepatica na histologia. O estudo anatomopatologico foi feitono Servico de Anatomia Patologica da Faculdade de Medicina da UFMG. Utilizou-se a classificacao histologica METAVIR. Estratificaram-se os graus de fibrose em dois grupos distintos: METAVIR < F2 (ausente ou leve) e . F2 (significativa). Os grupos foram semelhantes em relacao a: sexo, cor, escolaridade, historia previa de hemotransfusao e uso dedrogas ilicitas; com diferenca apenas em relacao a idade, que foi menor no grupo 3 (DRC). O AH foi bom marcador de fibrose hepatica nos grupos 1 (DRC/hepatite C) e 2 (hepatite C). Os mais altos niveis de AH se associaram a fibrose hepatica METAVIR . F2 em ambos os grupos. No grupo 1, o ponto de corte do AH para detectar fibrose METAVIR . F2 foi de 984,8 ng/mL, com sensibilidade e especificidade de 83 e 70%, respectivamente. Para o grupo 2, o AH acima de 222,3 ng/mL identificou fibrose METAVIR . F2 com sensibilidade e especificidade de 70 e 94%, respectivamente. Os niveis de C-IV nao se associaram a fibrosehepatica. A idade, o sexo e o tempo de hemodialise se associaram significativamente aos niveis de AH nos portadores de DRC. Concluiu-se que o acido hialuronico foi bom marcador de fibrose hepatica nos pacientes com DRC e hepatite C cronica. Ele detectou fibrose significativa (METAVIR . F2) e, portanto, pode ser util como metodo nao-invasivo na indicacao do tratamento desses pacientes.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jose Roberto Lambertucci; Ricardo Andrade Carmo; Edna Strauss; Katia de Paula Farah

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Medicina Tropical Teses. Dissertação da Faculdade de UFMG Cirrose hepática DeCS

ISBN:

Date of Publication:12/19/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.