Details

Vírus respiratórios em crianças menores de cinco anos de idade, com doença respiratória aguda, em Uberlândia, MG, no período de 2001 a 2004

by Costa, Lourenço Faria

Abstract (Summary)
Os vírus mais comumente envolvidos em doenças respiratórias agudas em crianças são os vírus respiratório sincicial (VRS), influenzavírus tipos A e B (FLU A e B), parainfluenzavírus tipos 1, 2 e 3 (PIV-1, -2 e -3), adenovírus (AdV) e os rinovírus (HRV). O objetivo geral do presente estudo foi identificar os principais vírus respiratórios envolvidos em doenças respiratórias aguda (DRA) em crianças de até cinco anos de idade no período de 2001 a 2004. Aspirados de nasofaringe de 379 crianças atendidas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC/UFU) com doença respiratória aguda foram coletadas e testadas pelas reações de imunofluorescência indireta (IFI) ou transcrição reversa da reação em cadeia da polimerase (RT-PCR). O VRS foi detectado em 26,4% (100/379) dessas amostras, FLU tipos A e B em 9,5% (36/379), PIV 1, 2 e 3 em 6,3% (24/379) e AdV em 3,7% (14/379). As amostras negativas e inconclusivas pela IFI (205) foram testadas por RT-PCR para detecção dos HRV, sendo que 26,9% (112/379) foram positivas. Neste estudo, os vírus mais comumente detectados em quadros clínicos de bronquiolite e pneumonia/broncopneumonia em crianças menores de seis meses de idade foram o VRS, respondendo por 40,3% e 34,6% do total de casos, respectivamente, e o HRV, identificado em 25,0% dos casos de bronquiolite e em 15,4% dos casos de pneumonia/broncopneumonia na mesma faixa etária. Relacionado à sazonalidade, a circulação dos vírus identificados predominou nos meses de temperaturas mais baixas. Esse padrão foi evidente para o VRS, que apresentou um pico de ocorrência em abril e maio, enquanto que o pico do FLU e HRV ocorreu em julho. Amostras negativas tanto pela IFI quanto pela RT-PCR indicam que outros patógenos, incluindo coronavírus, metapneumovirus humano além de bactérias, podem ter sido os responsáveis pelas infecções. Finalizando, este estudo foi essencial para um diagnóstico conclusivo de DRAs causadas por vírus, bem como para determinar quais agentes virais circularam nesta região.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Divina Aparecida Oliveira Queiróz; Divina das Dôres de Paula Cardoso; Valéria Bonetti

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Vírus respiratórios Doenças respiratórias Imunofluorescêncicia indireta Transcriptase reversa da reação em cadeia polimerase Crianças IMUNOLOGIA infantis

ISBN:

Date of Publication:02/16/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.