Details

Câmbio e integração regional: flutuação conjunta e otimização dinâmica para o mercosul

by Benevides Gadelha, Felipe Motta

Abstract (Summary)
O aprofundamento das relações comerciais e econômicas no MERCOSUL vem sendo constantemente colocado em risco, manifestando-se essencialmente na compensação tarifária imposta por seus dois principais membros, Brasil e Argentina, para contrabalançar as flutuações cambiais. Com esta preocupação, procura-se investigar a importância do câmbio no processo de integração, a possibilidade da instauração de um regime cambial harmônico e os instrumentais para realização deste. A flutuação conjunta, posta em prática na Comunidade Européia, serviu como fator de harmonização das relações comerciais e macroeconômicas entre os países membros e não-membros informalmente coordenados. Mais além, o momento adequado de entrada em um regime coordenado faz-se de fundamental importância. � com o fim de alcançar o ambiente ótimo para a flutuação conjunta que é lançado um modelo de otimização dinâmica para a determinação do movimento ótimo para as variáveis de política monetária. Impulsiona-se o pensamento da coordenação macroeconômica entre as duas nações, tendo como foco o planejamento e criação de metas para as principais variáveis determinantes do câmbio. Para maior robustez das ferramentas colocadas, utiliza-se do ramo da econometria conhecida por séries temporais para determinar estimativas dos parâmetros que atuam na dinâmica ótima das variáveis supostamente controláveis.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Marco Aurelio Crocco Afonso; Marco Flavio da Cunha Resende; Frederico Gonzaga Jayme Junior; Lizia de Figueiredo

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:MERCOSUL - Teses. Integração econômica internacional

ISBN:

Date of Publication:04/05/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.