Details

Micronúcleos e outras anomalias nucleares: um teste de predição para o câncer bucal.

by Skeff de, Maria Adriana

Abstract (Summary)
Os carcinomas espinocelulares são responsáveis por mais de 90% das neoplasias malignas que ocorrem na mucosa bucal e têm como principal fator de risco o uso crônico do tabaco sob suas diversas formas. Comprovadamente o tabaco industrializado contém inúmeros carcinógenos capazes de causar dano cromossômico. Para detectar o dano inicial na mucosa bucal de fumantes foi utilizado o ensaio do Micronúcleo (MN) em células esfoliadas por ser um teste simples, rápido, de baixo custo e que utiliza técnica não invasiva. Com o objetivo de estabelecer um teste de triagem para monitorar pacientes fumantes sob risco de desenvolver carcinoma bucal foram avaliadas as freqüências dos micronúcleos e de outras alterações nucleares em esfregaços de mucosa bucal, utilizando o protocolo adaptado ao de Tolbert et al. (1991). Foram analisados os micronúcleos (MNs), as binucleações e outras alterações nucleares indicativas de citotoxicidade e genotoxicidade como cariorréxis, cariólise, cromatina condensada, picnose, falso micronúcleo, broken-eggs e vacúolos nucleares. Foi realizada uma comparação intra-individual da região periférica ao tumor (L) e da mucosa do lado oposto (LOL) dos pacientes com carcinoma e outra comparação caracterizada como interindividual, pois comparou indivíduos sadios (controle) e pacientes portadores de carcinomas bucais. Observou-se que a mucosa do lado oposto à lesão (LOL) possui alterações nucleares que a caracterizam como mucosa não sadia e que a alteração tipo cariorréxis demonstrou ser melhor biomarcador para o LOL. Através da curva ?ROC? foram verificados os valores de predição das alterações nucleares estatisticamente significativas resultantes da comparação entre sadios e portadores de câncer bucal. A alteração nuclear cariorréxis foi a que obteve maior sensibilidade (80%) e especificidade (80%). A associação entre as alterações nucleares preditoras de lesão maligna e fatores de risco demonstrou resultados mais fortemente significativos para o tabagismo (plt;0,001). Neste estudo os micronúcleos e as alterações nucleares cariorréxis, cariólise, binucleações e vacúolos nucleares foram válidas como preditoras para carcinoma bucal.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Eneida de Moraes Marcílio Cerqueira; Eduardo Costa Studart Soares; Fabrício Bitu Sousa; Silvia Helena Barem Rabenhorst

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Neoplasias bucais Teste para Micronúcleos Tabagismo Monitoramento Alcoolismo Mucosa Bucal

ISBN:

Date of Publication:10/16/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.