Details

Prática pedagógica e necessidades educacionais especiais: a relação diádica em sala de aula

by Casasanta Garcia, Valéria Paiva

Abstract (Summary)
Considerando o processo educacional escolar do aluno deficiente mental, o objetivo da presente pesquisa foi compreender aspectos da prática pedagógica de professores desses alunos. Para tanto, analisamos as práticas pedagógicas de duas professoras de Primeira Série do Ensino Fundamental, sendo uma de uma escola regular da rede municipal de ensino e outra de uma escola especial.Iniciamos o estudo com uma breve revisão teórica sobre a história da Educação Especial no Brasil e a evolução dos tipos de atendimento escolar oferecidos às pessoas com deficiência mental. Para a compreensão dos dados obtidos tivemos como referenciais teóricos a Teoria Sócio-Histórica de Lev Semenovich Vygotsky e a abordagem ecológica do Desenvolvimento Humano de Urie Bronfenbrenner. Dentroda abordagem Sócio-Histórica destacamos o conceito de mediação na compreensão do ato educativo e a importância das relações sociais na formação de consciências humanas ao longo do processo educacional formal. Adotamos a abordagemecológica de Urie Bronfenbrenner por considerarmos a escola como um espaço social que sofre influências diretas ou indiretas de outros sistemas, demonstrando na díade professor-aluno o impacto interacional vivenciada por ambos. Delimitamos nossa opção metodológica a uma abordagem qualitativa realizada dentro dos parâmetros do estudo de caso etnográfico. Como estratégia de investigação e obtenção de dados foi utilizada a Entrevista Reflexiva a partir do Registro deObservação que, no ambiente da pesquisa, proporcionou às professoras participantes um espaço de reflexão sobre sua prática pedagógica, proporcionando transformações significativas na forma delas perceberem e interpretarem os eventos relacionados a estas práticas e, conseqüentemente, desencadearam mudanças em suas ações pedagógicas dentro do microssistema da sala de aula. Os dados obtidosapontaram que a prática pedagógica de professoras de alunos deficientes mentais deve ser compreendida levando-se em conta alguns fatores que aparecem permanentemente influenciando-a; tais como: as dúvidas da professora frente àcomplexidade do ato de educar alunos com deficiência mental; a falta de habilitação específica destas educadoras na área de educação especial; as concepções dedesenvolvimento e de deficiência mental que subsidiam a prática docente; o predomínio de valores divergentes entre família e escola; e dicotomia entre a teoria estudada pela professora e suas ações práticas em sala de aula. Em decorrência disto, verificamos que as práticas educativas implementadas pelas professoras de crianças deficientes mentais eram baseadas em atividades que exploravam pouco opensamento abstrato dos alunos, com ênfase em tarefas repetitivas, descontextualizadas e pouco significativas considerando-se as especificidades de cada aluno enquanto seres historicamente constituídos, dentro de um contextointeracional e cultural específico.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Claudia Dechichi

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Deficiência mental Teoria sócio-histórica ecológica dodesenvolvimento humano Educação especial Formação do professor Psicologia educacional Professores -

ISBN:

Date of Publication:09/05/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.