Details

Dúvida e dívida melancólica: a modernidade barroca na poesia de Florbela Espanca

by Santos, Derivaldo dos

Abstract (Summary)
Este trabalho focaliza a obra poética de Florbela Espanca, verificando como nela o sujeito se move sob a experiência da dúvida e da dívida melancólica. Na poesia de Florbela a melancolia pavimenta a dúvida do sujeito na encruzilhada do tudo e do nada, do sonho e da queda abissal. Confere ao autêntico o sentido do incerto e do inarticulado. No entanto, não é um abandono da certeza total, e sim o modo supremo de sua superação, na medida em que lança o sujeito no face a face do vivido e do indagado. Tendo como principais pontos de apoio autores como: Freud, Urania T. Peres, Marie-Claude Lambotte, Julia Kristeva, Kierkegaard, Nietzsche, Foucault, e Philippe Lejeune, este estudo verificou que a dúvida desempenha um papel decisivo na poética de Florbela Espanca, definindo a atitude básica do eu-lírico em face de suas próprias angústias e das muitas faces que o mundo comporta. No primado do incerto e da mutabilidade do ser, a poeta trouxe para dentro de sua poesia alguns procedimentos específicos do barroco histórico no que ele tem de nossa atualidade: vertigem, simulacro, decadência do ser no labirinto mundo da existência
This document abstract is also available in Spanish.
Bibliographical Information:

Advisor:Lourival Holanda

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Florbela Espanca Divida melancólica Dúvida

ISBN:

Date of Publication:07/27/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.