Details

Dissipação e mobilidade dos herbicidas glifosato e oxifluorfen em um solo manejado no sistema de cultivo mínimo e florestado com Eucaliptus grandis

by Cassamassimo, Ricardo Eugenio

Abstract (Summary)
O glifosato e o oxifluorfen têm sido os principais herbicidas para controle de plantas invasoras em plantações florestais. Neste contexto, constituíram em objetivos do presente estudo avaliar as taxas de degradação e de lixiviação de glifosato e oxifluorfen em Latossolo Vermelho-Amarelo Distrófico psamítico, manejados no sistema de cultivo mínimo, florestados com eucalipto. Para tal, foi conduzido um experimento em condições de campo, na Estação Experimental de Ciências Florestais de Itatinga, ESALQ/USP (Itatinga ? SP), sendo as análises realizadas no Laboratório de Resíduos de Pesticidas e Análises Cromatográficas (LARP/USP). Aplicou-se o glifosato (1440g i.a. ha-1) e oxifluorfen (960g i.a. ha-1) em três repetições na dosagem recomendada (4,0 L./ha-1) para condição de campo. A dissipação dos herbicidas foi avaliada por cromatografia. Foram analisadas amostras de serapilheira, solo e solução do solo. Para a avaliação dos teores de herbicidas na serapilheira e no solo foram realizadas amostragens 3 dias antes da aplicação dos herbicidas na testemunha e, nos demais tratamentos, no dia da aplicação 0, 1, 3, 7, 15, 30, 60 e 93 dias após a aplicação dos herbicidas. Foram amostradas a serapilheira e as seguintes camadas de solo: 0-1, 1-2, 2-4, 4-6, 6-10, 10-15 e 15-30 cm. Para avaliar a lixiviação dos herbicidas, amostras de solução do solo foram coletadas em lisímetros ativado por gravidade (sem tensão) e outro por vácuo (com tensão). O lisímetro ativado por gravidade foi instalado sob a serapilheira, 15, 50 e 100 cm de profundidade e o outro lisímetro foi instalado 15, 50, 100 e 300 cm. Para avaliar a fotodegradação do oxifluorfen foram instaladas parcelas na sombra (sombrite a 80%). A meia-vida do glifosato no solo sem serapilheira foi de 10 dias e no solo sob serapilheira, de 47 dias. Sua lixiviação no solo sob serapilheira foi 36% menor do que no solo sem serapilheira. Devido a este efeito, os riscos de contaminação de solos manejados no sistema de cultivo mínimo são menores. A concentração do glifosato decresceu enquanto a do seu metabólito (AMPA) aumentou durante as duas primeiras semanas após sua aplicação. E tais resíduos foram detectados na solução do solo após 8 dias de sua aplicação, a 15 cm de profundidade. A meia-vida de oxifluorfen no solo sem serapilheira foi de 25 dias e no solo com serapilheira sua meia-vida foi reduzida para 13 dias. O oxifluorfen no solo com serapilheira lixiviou até 5cm e no solo sem serapilheira até 8cm. Em ambas as situações as concentrações foram muito baixas. O teor de oxyfluorfen sob sombra foi sempre maior do que sob pleno sol, comprovando sua fotodegradabilidade.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jose Leonardo de Moraes Goncalves; Pedro Jacob Christoffoleti; Jose Leonardo de Moraes Goncalves; Luiz Roberto Pimentel Trevizan

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:herbicida lixiviação do solo propriedade físico-química florestal toxicidade

ISBN:

Date of Publication:03/13/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.