Details

Inclusão e deficiência: em busca das representações sociais na mídia impressa em Natal/RN

by Carmo Soares, Maria do

Abstract (Summary)
Esta tese é o resultado de uma exaustiva pesquisa sobre o discurso circulante veiculado na mídia impressa no período de 1992 a 2002 nos jornais Diário de Natal/ O Poti e Tribuna do Norte, sobre a inclusão das pessoas com deficiência. A partir dos questionamentos que moveram Moscovici (1978) na sua clássica obra ?La Psychalyse ? son image et son public? de que a mídia tem papel preponderante na formação e veiculação das representações sociais e na edificação de condutas humanas, elegemos esse meio midiático como campo investigativo. Compreendendo a importância da teoria da comunicação, buscamos fazer sua articulação com as representações sociais, uma vez que ?a comunicação, como aspiração, remete ao fundamento de toda a humanidade? (WOLTON, 2004, p. 56), e ainda a comunicação representa um espaço importante de produção simbólica e de processo representacional para análise dos discursos circulantes sobre inclusão e deficiência. Baseada nestas questões, determinamos nosso objetivo de conhecer as representações sociais compartilhadas na mídia impressa sobre o assunto. Este objetivo foi construído em face da temática da deficiência e inclusão ser um discurso jornalístico escasso e esporádico. As questões de pesquisa foram: qual a representação sobre a situação das pessoas com deficiência, no meio de comunicação mídia impressa? Que alterações ocorreram no período analisado e qual o papel da mídia impressa neste processo? O corpus da pesquisa foi constituído de matérias jornalísticas sobre a questão da deficiência, em seus vários aspectos e de associação livre de palavras com jornalistas. As análises foram: 1) a linguagem gráfica proporcionada pelo quadro das matérias veiculadas no período; 2) a associação livre de palavras aplicada com os jornalistas dos dois jornais; e 3) os textos dos anos de 1996 e 1997 pelo programa informatizado ALCESTE (Análise Lexical Contextual de um Conjunto de Segmentos de Textos). Os resultados revelaram que a mídia impressa de Natal/RN apresenta a questão de forma descontínua e que depende de eventos específicos para dar visibilidade à luta das pessoas com deficiência em relação aos seus direitos. A inclusão é ainda um grande desafio para essas pessoas em todos os níveis. Consideramos que a incapacidade de romper obstáculos de toda ordem e natureza se estabelece numa relação dialética entre a sociedade e a mídia: a sociedade silencia (a manifestação de interesse pela causa só atrai atenção de algumas pessoas ou grupos) e a mídia que intermedia as informações geradas nas práticas dos acontecimentos sociais, não dá visibilidade à questão. Essa representação revela-se na ausência de regularidade de matérias alusivas ao assunto, bem como na alusão preferencial ao esporte, uma dimensão valorizada pelas mídias. Uma implicação desse estudo é a abertura de uma nova visão para análise e reflexão, qual seja: as paraolimpíadas enquanto fenômeno social de segregação e inclusão. Belo seria estarmos juntos!
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Teresa Eglér Mantoan; Marileide Maria de Melo; José Pires; Ana Lúcia Assunção Aragão; Maria do Rosário de Fátima de Carvalho

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Inclusão Deficiência Representações Sociais Comunicação Mídia Impressa CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS

ISBN:

Date of Publication:07/13/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.