Details

Distribuição e população de plantas e produtividade de grãos de milho.

by Palhares, Marcos

Abstract (Summary)
Com o objetivo de avaliar o efeito de população de plantas (30.000, 60.000 e 90.000 plantas.ha -1 ), sob dois espaçamentos (0,40 e 0,80 m), sobre a produtividade de grãos de três genótipos (AG 1051, AG 7575 e DKB 911) de milho (Zea mayz L.) com arquiteturas foliares diferentes, foi conduzido experimento de campo em Piracicaba-SP (Departamento de Produção Vegetal, Universidade de São Paulo) no período de 20 de novembro a 10 de abril de 2001. Foi utilizado delineamento em blocos casualizados com três repetições. Em função dos resultados obtidos, pode-se concluir que: (i) em alta população (90.000 plantas.ha -1 ), a redução do espaçamento (de 0,80 m para 0,40 m) teve efeito positivo na produtividade de grãos no genótipo de arquitetura foliar aberta (AG 1051), devido a otimização de interceptação de luz, e (ii) até 60.000 plantas.ha -1 , independentemente do genótipo, a produtividade de grãos é crescente com o aumento da população de plantas. Com o aumento da população de plantas de 60.000 para 90.000 plantas.ha -1 , a produtividade de grãos: (a) aumenta no genótipo de arquitetura foliar ereta (DKB 911), (b) tende a estabilizar no genótipo de arquitetura semi-ereta (AG 7575), e (c) tende a estabilizar sob espaçamento reduzido (0,40 m), ou diminui sob espaçamento de 0,80 m no genótipo de arquitetura aberta (AG 1051).
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Durval Dourado Neto; Silvio José Bicudo; Antonio Luiz Fancelli; Durval Dourado Neto

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: genótipos grãos milho populações vegetais

ISBN:

Date of Publication:04/08/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.