Details

Imobilização e detecção de biomoléculas em matrizes de poli (ácido 4-hidroxifenilacético) : aplicações no desenvolvimento de genossensores

by Rosa da, Tatiana Aparecida

Abstract (Summary)
Eletrodos modificados com filmes poliméricos são matrizes eficientes para aimobilização de biomoléculas. Devido à funcionalização aniônica ou catiônica dasuperfície, eles promovem a repulsão eletrostática de interferentes e interação eficientecom a biomolécula imobilizada. Desta forma, os EQM impulsionam grande avanço nodesenvolvimento de biossensores e sensores.Visando a incorporação de nucleotídeos, oligonucleotídeos e fragmentos deDNA foram feitos estudos sobre a eletropolimerização do monômero ácido 4-hidroxifenilacético (4-HFA) sobre eletrodo de grafite, para se obter a melhor condiçãode polimerização e caracterização da superfície. Em valores de pH ácido, foi observadaa formação de filmes com maior caráter eletroativo e que facilitam a transferência deelétrons frente ao par redox K3Fe(CN)6/K4Fe(CN)6. A caracterização desses filmes, pormeio de MFA e MEV, confirmou a deposição de material polimérico sobre a superfície.Estudos de eletrooxidação e otimização de guanosina monofosfato e adenosinamonofosfato imobilizadas sobre filmes de poli(4-HFA) foram realizados em diferentesvalores de pH. A variação das condições experimentais, particularmente o pH doeletrólito, mostraram que o potencial de oxidação de AMP e GMP imobilizados sobrepoli(4-HFA) decresceram com o aumento de valores de pH da solução. Maiores valoresde corrente de oxidação foram obtidas para AMP em tampão fosfato (pH 7,5) e GMPem tampão acetato (pH 4,5).A imobilização e detecção de oligonucleotídeos de 16 pb foram realizadas emmatrizes de poli(4-HFA). No processo de detecção com o alvo complementar foiobservado decréscimo nos valores de corrente, quando comparados com a respostaobtida antes da hibridização.A magnitude do sinal de corrente da eletrooxidação dos nucleotídeos eoligonucleotídeos foi maior para os eletrodos de grafite modificados com poli(4-HFA),mostrando a eficiência da cobertura polimérica. A amplitude do sinal de corrente é umimportante parâmetro para garantir a sensibilidade dos biossensores.A hibridização com os fragmentos de DNA do vírus da dengue (DEN-1) foi feitautilizando brometo de etídio como indicador da hibridação. A formação de dsDNA foimonitorada por meio do aumento no sinal de corrente, provocado pelo acúmulo dointercalador sobre a superfície do eletrodo.Imagens da topografia da superfície por MFA indicam que a imobilização deDEN-1 (ssDNA) sobre a matriz polimérica resulta em diminuição da rugosidade e, apósa hibridização com o alvo complementar (dsDNA), observou-se a formação de maiornúmero de glóbulos. As imagens de MFA comprovam a imobilização das biomoléculasem estudo, bem como, sugerem a hibridização com o alvo complementar.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ana Graci Brito Madurro; João Marcos Madurro; Hideko Yamanaka; Welington Oliveira Cruz

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Polimerização

ISBN:

Date of Publication:02/25/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.