Details

Distúrbios do sono em pacientes com transtorno depressivo

by Chellappa, Sarah Laxhmi

Abstract (Summary)
Identificar e avaliar os transtornos do sono presentes em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo do Hospital Universitário Onofre Lopes, Natal, RN. Métodos: Foi realizado um estudo transversal com uma amostra não-probabilística de 70 pacientes, sendo 26 homens e 44 mulheres, com média de idade de 40,48 + 12,54. A seleção dos pacientes foi realizada segundo os seguintes critérios de inclusão: idade entre 18 e 65 anos e diagnóstico de transtorno depressivo dado através de entrevista clínica segundo os critérios da DSM-IV. Os pacientes foram entrevistados e avaliados através dos seguintes instrumentos: Ficha de identificação e de avaliação médica; Prontuários médicos; Questionário de Hábitos do Sono; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh; Escala de Sonolência de Epworth; Inventário de Depressão de Beck; Escala de Ideação Suicida de Beck. Resultados: Neste estudo, 50 (71,3%) pacientes apresentaram recorrência das queixas de transtornos do sono, que foi associada significativamente à gravidade do episódio depressivo. Um total de 49 (70%) pacientes apresentou insônia e 21 (30%) sonolência excessiva. A duração média dos transtornos do sono foi maior em relação à do transtorno depressivo. Na amostra, os pacientes apresentaram qualidade subjetiva do sono ruim, principalmente em pacientes com insônia. Houve uma associação entre a insônia e a sonolência excessiva com a ideação suicida. A sonolência diurna excessiva foi freqüente nos pacientes com transtorno depressivo e associado significativamente à gravidade do quadro depressivo e à ideação suicida. A prevalência de pesadelos nos pacientes foi elevada e relacionada à gravidade do quadro depressivo. Paralelamente, o Questionário de Hábitos do Sono, utilizado neste estudo para acessar as queixas de transtornos do sono, foi confiável e válido para o uso na avaliação da insônia e da sonolência excessiva em pacientes depressivos ambulatórias. Conclusões: Houve uma marcante associação entre os transtornos do sono, como insônia, sonolência excessiva e pesadelos, com o transtorno depressivo, sugerindo que a investigação criteriosa dos transtornos do sono é necessária na avaliação da gravidade do quadro depressivo
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:John Fontenele Araújo; Veralice Meireles Sales de Bruim; Tânia Fernandes Campos

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Transtornos do sono Distúrbio início e da manutenção por sonolência excessiva Transtorno depressivo CIENCIAS DA SAUDE

ISBN:

Date of Publication:07/19/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.