Details

Avaliação do sexo por analise de função discriminante a partir de dimensões lineares do cranio

by Abe, Daniela Mieko

Abstract (Summary)
Chacinas, assassinatos em série, cometidos por psicopatas, tentativas de ocultação de cadáveres e catástrofes rodoviárias, com dezenas de mortos, fazem que rotineiros exames médico-legais sejam insuficientes para a plena identificação das vítimas. As estruturas ósseas crânio-faciais, de reconhecida capacidade de preservação, são, muitas vezes, as únicas fontes para se extrair informações acerca da identidade que tem, na determinação do sexo, um dos seus elementos-chave. A objetividade e precisão do método estatístico denotam vantagens em relação à visualização dos aspectos morfológicos para a definição sexual. Entretanto, o uso de parâmetros antropométricos, oriundos de pesquisas estrangeiras, para o diagnóstico do sexo em brasileiros, é passível de erro, pois as dimensões osteométricas são inerentes a padrões genético-fisiológico-culturais do grupo humano analisado, diferente dos padrões nacionais. Os objetivos do presente estudo foram: verificar a existência de dimorfismo sexual por meio de quatro mensurações lineares, obtidas com equipamentos simples, do crânio de indivíduos brasileiros, de sexo e faixa etária conhecidos, bem como analisar, estatisticamente, o grau de significância a fim de desenvolver função discriminante aplicável a outras amostras e construir um programa informatizado para efetuar os cálculos, dando praticidade à técnica. A amostra consistiu de 130 crânios (50 femininos e 80 masculinos), provenientes da ala de indigentes de cemitérios públicos das cidades de Salvador-BA, São Paulo-SP e Araçatuba-SP, com idades superiores a 20 anos e sexo conhecidos, cujos registros foram fornecidos pelas instituições e derivaram-se de constatações do Instituto Médico-legal que os enviou. As medidas - Espinha Nasal Anterior-Borda Anterior do Meato Acústico Externo (ENA-BAMAE) e Glabela-Espinha Nasal Anterior (G-ENA) - foram obtidas por paquímetro de precisão, enquanto Lambda-Glabela (L-G) e Lambda-Pólo Inferior da Apófise Mastóidea (L-PIAM) foram coletadas com o auxílio de compasso de Willis, ambos graduados em milímetros. Todas as dimensões mostraram-se estatisticamente significantes (p<0,05) para a discriminação sexual, quando submetidas ao teste t de Student. A análise da função discriminante, por stepwise, permitiu a elaboração de regressão logística, a partir das distâncias ­ Espinha Nasal Anterior-Borda Anterior do Meato Acústico Externo (ENA-BAMAE), Glabela-Espinha Nasal Anterior (G-ENA) e Lambda-Pólo Inferior da Apófise Mastóidea (L-PIAM) - a fim de determinar a probabilidade de pertinência do crânio ao sexo feminino com 86,1% de confiabilidade, índice compatível a outros estudos de metodologia semelhante. Um programa informatizado foi desenvolvido para efetuar os cálculos e simplificar o emprego da técnica
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:; Miguel Morano Junior [Orientador]; Eduardo Daruge; Claudia Maria de Almeida Sampaio

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Homem - Identificação Sexo

ISBN:

Date of Publication:09/14/2000

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.