Details

Análise do resultado gestacional em portadores de cardiopatia

by Luiz Barcelos, Maria Lucia

Abstract (Summary)
Foram avaliadas 54 gestantes portadoras de cardiopatia, atendidas no ambulatório de pré-natal do hospital de base de São José do Rio Preto, no período de maio de 1995 a novembro de 1997 e comparados os dados com os de 54 gestantes com ausência de doenças associadas. As doenças de origem reumática ocorreram em 55,5% dos casos; as congênitas, em 18,5% as miorcadiopatias, em 14,8% o prolapso da valva mitral, em 7,4% e as coronariopatias, em 3,8% dos casos, as gestantes cardiopatas apresentavam correção cirúrgica prévia, sendo 66,6% de doenças reumáticas, 23,8% de doenças congênitas e 9,6% de coronariopatias. As pacientes portadoras de prótese valvar corresponderam a 16,7% dos casos de gestantes cardiopatas, sendo 55,5% próteses metálicas e 45,5%, biológicas. Quando à classificação funcional, 79,6% das pacientes pertenciam às classes funcionais i e ii, consideradas favoráveis. Nota de Resumo Em relação aos dados epidemiológicos, a faixa etária de maior prevalência do grupo de gestantes cardiopatas e do grupo controle foi igual ou inferior a 23 anos (44,4% e53,7%, respectivamente). Quando aos antecedentes obstétricos, o número e a média de gestações e partos foi igual em ambos os grupos estudantes, sendo que as pacientes já haviam tido de duas a cinco gestações e igual número de partos, e nâo ocorreram abortos na gestação atual das pacientes deste estudo. Houve maior prevalência de doenças gravídicas e intercorrentes no grupo de gestantes cardiopatas. As complicaçôes no período gestacional, devido à cardiopatia, ocorrem em 14,8% dos casos, sendo a insuficiência cardíaca a de maior prevalência. O parto cesáreo ocorreu em 71,7% das gestantes cardiopatas e em 53,7% das gestantes do grupo controle. Em relaçâo aos recém-nascidos das gestantes cardiopatas, esses apresentaram peso inferior a 2.500g em 22,6% dos casos, e não apresentaram malformação congênitas. A mortalidade fetal perinatal, observada no grupo de cardiopatas, foi de 5,6% e a materna, de 1,8%.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Moacir Fernandes de Godoy; Rogério Dias; Antonio Hélio Oliani

School:Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:GINECOLOGIA E OBSTETRICIA Gravidez Cardiopatias Diagnóstico Pré-Natal Fatores de Risco Obstetrícia

ISBN:

Date of Publication:

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.