Details

Influência do ph de coagulação e dosagem de sulfato de alumínio na remoção de oocostos de cryptosporidium por filtração direta descendente

by Gomes Fernandes, Neusa Margarete

Abstract (Summary)
Algumas doenças de veiculação hídrica têm se destacado nas últimas décadas, dentre elas acriptosporidiose, causada pelo protozoário Cryptosporidium. Este protozoário vem sedestacando pela elevada incidência de casos e devido às suas características de resistênciaaos processos convencionais de desinfecção com cloro e à capacidade de permanência nomeio ambiente. O presente trabalho avalia a remoção de oocistos de Cryptosporidium porfiltração direta descendente em meio filtrante de camada dupla, verificando a influência dopH de coagulação e dosagem de sulfato de alumínio na remoção dos oocistos. O trabalhoexperimental foi realizado em uma instalação piloto composta por dispositivo de misturarápida e uma coluna de filtração descendente em antracito e areia. Foram realizados 21experimentos de filtração direta descendente, com taxa de filtração constante de 210 m/dia,utilizando água proveniente da Represa do Torto inoculada com oocistos deCryptosporidium na ordem de 102 a 103 oocistos/L. As condições de coagulação testadasincorporaram dosagens ótima e super-dosagem de coagulante em duas faixas distintas depH (5,0 ? 5,5 e 6,0 - 7,0). Praticamente todas as carreiras de filtração, com exceção dasrealizadas sob condições de super-dosagem de coagulante e valor de pH baixo, produziram água filtrada com valores de turbidez residual inferiores a 0,2 UT. Nas diferentescondições de coagulação testadas, as eficiências de remoção dos oocistos deCryptosporidium variaram na faixa de 1,4 a 3,2 log durante a operação regular do filtro. Noperíodo de amadurecimento (início da carreira de filtração), os valores de eficiência deremoção de oocistos de Cryptosporidium foram de 0,1 a 1,0 log menores do que os obtidosdurante a operação regular do filtro. Na maioria dos experimentos a água filtradaapresentou 1 ou menos oocistos/L e em apenas 1 experimento esse valor excedeu 2oocistos/L. Os experimentos realizados em valores de pH de coagulação mais baixo, emtorno de 5, promoveram as melhores eficiências de remoção de oocistos deCryptosporidium, particularmente em relação ao período de operação regular do filtro.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Yovanka Pérez Ginoris; Ariuska Karla Barbosa Amorim; Leo Heller; Cristina Celia Silveira Brandão

School:Universidade de Brasília

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:tratamento de água filtração direta descendente coagulação

ISBN:

Date of Publication:07/02/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.