Details

Influência do manejo do nível freático e doses de nitrogênio em culturas sob hipoxia no solo

by de Sá, Jocelito Saccol

Abstract (Summary)
Em diversos países, extensas áreas agrícolas são afetadas por inundações temporárias que ocasionam significativos prejuízos à produção de alimentos. Os objetivos deste trabalho foram: a) avaliar os efeitos da exposição de plantas de lentilha (Lens culinaris Medik) ao estresse por excesso hídrico em relação ao manejo do nível freático; b) avaliar o comportamento de cultivares de soja (Glycine max L. Merrill) a hipoxia e à aplicação de nitrogênio na atenuação dos danos ocasionados pelo excesso hídrico e c) avaliar as respostas de plantas de trigo (Triticum aestivum, L.) à saturação hídrica, total ou parcial, da camada de solo correspondente à zona radicular da cultura. Em plantas de lentilha, o excesso de água no solo reduziu a expansão foliar, o acúmulo de biomassa, a produção de grãos e reduziu a concentração de N, K, Ca, Mn e Mg nas folhas e intensificou o processo de senescência foliar. As taxas de ascensão e de rebaixamento do nível freático de 15 e 30 cm dia-1 influenciaram positivamente o desenvolvimento e a produção. Os danos mais drásticos foram ocasionados pela elevação e pelo rebaixamento do nível freático em 5 cm dia-1. O efeito negativo da inundação do solo na produção de grãos foi reduzido em 21% pelo aumento da taxa de ascensão e de rebaixamento do nível freático de 5 para 30 cm dia-1. A adição de 50 kg N ha-1 não minimizou os danos ocasionados pela hipoxia. Em soja, a área foliar, o acúmulo de matéria seca, a produção e a qualidade dos grãos dos cultivares decresceram com o prolongamento da inundação do solo. Os teores foliares de N, K, Mg e Mn decresceram linearmente e a concentração de Fe aumentou com a inundação do solo. O cultivar FT-Abyara apresentou maior crescimento vegetativo e o cultivar CD205 maior produtividade e maior teor protéico. Os maiores danos à produção foram ocasionados pela inundação do solo por período superior a 48 h. A aplicação de 50 e 100 kg N ha-1 aumentou o crescimento da parte aérea das plantas, a produção e a concentração de proteína dos grãos. O cultivar FT-Abyara apresentou melhores resultados à adição de N. A aplicação de N reduziu em 15% os danos causados pelo excesso de água no solo à produção de grãos. Em plantas de trigo, a saturação hídrica do solo intensificou a senescência das folhas, reduziu a produção de matéria seca, a taxa de crescimento da cultura e prejudicou a produção de grãos. Os efeitos ocasionados pela ocupação total dos poros do solo pela água foram mais severos para o desenvolvimento e a produção de grãos do que a saturação parcial dos poros pela água. O nível freático a 15 cm de profundidade minimizou em 30% os danos ocasionados pelo excesso de água no solo à produção de grãos. A aplicação de 50 kg N ha-1 reduziu em 16% os danos ocasionados pela saturação hídrica do solo à produção de grãos.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Decio Eugenio Cruciani; Raimundo Nonato Tavora Costa; Sergio Nascimento Duarte; Jarbas Honorio de Miranda; Joao Carlos Cury Saad; Decio Eugenio Cruciani

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:drenagem agrícola fisiologia vegetal lentilha nutrição oxigênio ? deficiência soja

ISBN:

Date of Publication:02/10/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.