Details

Gestão do conhecimento :um estudo exploratório sobre a sua presença em empresas têxteis do médio e grande porte do Vale do Itajaí

by Previtali Nascimento, Carlos Eduardo

Abstract (Summary)
A Gestão do Conhecimento vem se tornando objeto de interesse de um número crescente de empresas. Um dos pólos da indústria têxtil nacional, o Vale do Itajaí abriga empresas que já enfrentaram e venceram grandes crises do setor, a mais recente delas no início da década de noventa, quando se verificou uma série de ajustes nas empresas que sobreviveram, como o enxugamento de estruturas normalmente inchadas. Essa estratégia não pode mais ser adotada em larga escala devido à reduzida quantidade de colaboradores com que as empresas contam atualmente. Por pertencer a um setor de tecnologia madura e empregador de grande contingente de mão-de-obra, a indústria têxtil está principalmente em países do terceiro mundo, enquanto as nações desenvolvidas vêm passando de economias industriais a economias de serviços baseadas no conhecimento e na informação. Apesar de sua crescente importância como origem de mudanças internas, de diferenciação organizacional e base para elaboração das novas estratégias empresariais, a Gestão do Conhecimento não parece evidente na estratégia empresarial de grande parte das empresas têxteis da região aqui circunscrita. Fatores como a insistência em estruturas piramidais centralizadas, o uso intensivo de mão-de-obra não-especializada, o relativamente baixo índice de automação integrada, a inexistência de centros de pesquisa e desenvolvimento e outros, indicam continuidade das antigas práticas de gestão. Estariam as empresas do setor preocupadas em se preparar para lidar com as novas demandas ou os novos paradigmas oriundos da era do conhecimento? O objetivo desta pesquisa foi identificar a presença e as características da Gestão do Conhecimento nas empresas têxteis de médio e grande porte da região, além de avaliar as suas tendências e a importância atribuída à Gestão do Conhecimento nas organizações pesquisadas. A pesquisa foi desenvolvida com base num desenho de pesquisa empírica, com coleta dos dados feita por meio de questionário estruturado com perguntas fechadas, distribuído para a amostra de empresas selecionadas. Os principais resultados indicaram haver elementos de um ambiente em sintonia com uma gestão pró-ativa do conhecimento, porém de maneira não-estruturada. Nas mesmas empresas em que se perceberam práticas favoráveis a uma eficiente Gestão do Conhecimento, como elevados índices de confiança entre empresa e funcionários quanto ao acesso à informação, existência de equipes multidisciplinares com alto grau de autonomia e, por fim, tolerância a erros, perceberam-se da mesma forma práticas prejudiciais à Gestão do Conhecimento, como ausência de canais para sugestões e idéias, baixo investimento em treinamento para os funcionários e dificuldades de comunicação entre departamentos. As principais conclusões da pesquisa indicam que não se percebe um movimento estruturado entre as empresas têxteis de médio e grande porte do Vale do Itajaí visando à elevação do conhecimento ao posto de principal ativo organizacional. Embora se tenham detectado práticas condizentes com projetos bem-sucedidos de Gestão do Conhecimento, a análise das respostas em conjunto revelou que a estrada para o conhecimento ainda não foi devidamente pavimentada.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Riccardo Riccardi; Heitor José Pereira; Leonel Cézar Rodrigues

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Gestão do Conhecimento Empresas têxteis ADMINISTRACAO Desenvolvimento organizacionalGestão

ISBN:

Date of Publication:08/27/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.