Details

Dinâmica do componente arbóreo (1999-2004) de um trecho de floresta ombrófila densa em Blumenau, SC

by Ghoddosi, Sheila Mafra

Abstract (Summary)
A dinâmica das florestas tropicais tem sido alvo de pesquisas científicas que buscam identificar as taxas de crescimento, recrutamento e mortalidade, bem como, as mudanças na estrutura das comunidades. O presente trabalho partiu das seguintes perguntas de pesquisa: a riqueza e a estrutura varia ao longo do tempo? Como ocorre a dinâmica da comunidade? Qual a interferência das mudanças populacionais na estrutura da comunidade. O estudo foi realizado no Parque Natural Municipal São Francisco de Assis (aproximadamente 26º55?S e 49º05?W, 35 a 135m de altitude), Blumenau, SC. Oprimeiro levantamento (1999) foi realizado em 40 parcelas de 10m x 25m (totalizando 1 hectare). Os indivíduos com DAP ³ 4,8cm foram medidos e identificados, exceto xaxins. O segundo levantamento (2004) foi realizado na mesma área e os indivíduos arbóreos que foram mensurados no primeiro levantamento foram localizados e tiveram seus troncos mensurados. Os indivíduos que obtiveram DAP ³ 4,8cm foram medidos e identificados. A partir dos dados de campo, foram calculadas: densidade (absoluta e relativa), dominância (absoluta e relativa), freqüência (absoluta e relativa), o índice de valor de importância, o índice de diversidade de Shannon, o índice de equidade, o índice de espécies raras, a taxa de crescimento, recrutamento e mortalidade. No total foramamostrados 1.689 indivíduos no ano de 1999, pertencentes à 111 espécies e 39 famílias. Em 2004 foram 1.695 indivíduos, pertencentes à 106 espécies e 39 famílias. O valor doíndice de diversidade de Shannon calculado em 1999 (2,87 nats.ind.-1) não diferiu significativamente do calculado em 2004 (2,77 nats.ind.-1) (t=0,847, d.f.= 338, p>0,01).Os valores do índice de eqüidade foram similares nos dois períodos (0,608 em 1999 e 0,594 em 2004). Muitas espécies foram amostradas nos dois levantamentos, exceto porAlchornea glandulosa, Eugenia catharinensis, Inga luschnathiana, Inga sessilis, Machaerium stipitatum e Miconia eichleri, que não ocorreram em 2004. Uma nova espécie foi registrada no ano de 2004 Calyptranthes eugeniopsoides. O aumento na densidade de 0,5% não foi significativo (t=0,34, p> 0,01), porém, a redução na área basal de 1,5 m2.ha-1 foi significativa (c2=0,61, p<0,01). A distribuição dos indivíduosem classes de diâmetro mostrou um padrão de J-reverso. A taxa de crescimento para a comunidade foi de 5,17cm. A taxa anual de mortalidade e de recrutamento, respectivamente, foi de 1,344 %.ano-1 e de 1,35%.ano-1. A alteração mais expressivas na comunidade foi a diminuição significativa na área basal que está relacionada à alta mortalidade. A taxa finita de crescimento natural da comunidade foi de 1,0007
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Margarida da Rocha Fiuza de Melo; Alexander Christian Vibrans; Lauri Amândio Schorn; Alexandre Uhlmann

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:dinâmica de comunidade taxa crescimento recrutamento mortalidade floresta ombrófila densa Engenharias Comunidades vegetais - Blumenau (SC); Dinâmica vegetação Diversidade biológica Florestas Conservação

ISBN:

Date of Publication:06/29/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.