Details

Níveis de triptofano em dietas para codorna japonesa em postura

by Freitas Pinheiro, Sandra Regina

Abstract (Summary)
Desenvolveu-se um experimento, na seção de Avicultura do Departamento de Zootecnia, da Universidade Federal de Viçosa, com o objetivo de determinar a exigência nutricional de triptofano para codornas japonesas de 21 a 30 semanas de idade. Foram utilizadas 400 codornas, com peso inicial de 158,50 gramas e postura média de 84,50%. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, contendo oito blocos, em esquema fatorial 5x3, sendo cinco tratamentos e três períodos experimentais de 21 dias, com oito repetições de dez aves/repetição. Os tratamentos consistiram de cinco dietas com 20% de proteína bruta, suplementada com cinco níveis de L-triptofano (0,000; 0,040; 0,080; 0,120 e 0,160%), fornecendo um total de 0,120; 0,160; 0,200; 0,240 e 0,280% de triptofano digestível, respectivamente. As aves foram homogenizadas segundo a taxa de produção de ovos e distribuídas nas gaiolas. As variáveis estudadas foram: consumo de ração (g/ave/dia), consumo de triptofano (mg/ave/dia), produção de ovos (%/ave/dia), produção ovos comercializáveis (%/ave/dia), peso médio dos ovos (g), massa de ovos (g/ave/dia), conversão alimentar (kg de ração/dúzia de ovos e por massa de ovos), peso de gema (g), peso de albúmen (g), peso de casca (g), porcentagem de gema (%), porcentagem de albúmen (%), porcentagem de casca (%), diâmetro do ovo (mm), altura do ovo (mm), gravidade específica (g/cm3) e unidade Haugh. As variáveis consumo de triptofano, produção de ovos, peso de albúmen, peso de casca, porcentagem de casca, altura do ovo, gravidade específica e unidade Haugh apresentaram efeitos significativos (Plt;0,05) dos níveis de triptofano nas dietas experimentais. As respostas de desempenho das codornas em postura, respeitando o ajuste estatístico obtido por meio de modelos de regressão linear e quadrática e do modelo descontínuo LRP, e a interpretação biológica, permitem concluir que para se obter o melhor desempenho produtivo, as dietas de codornas devem conter o nível de 0,21% de triptofano digestível, o que resulta no consumo diário de 45,0 mg/ave de triptofano, correspondendo à relação triptofano digestível: lisina digestível de 21%.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Horácio Santiago Rostagno; Luiz Fernando Teixeira Albino; Sérgio Luiz de Toledo Barreto; Rogerio Pinto; Debora Cristine de Oliveira Carvalho

School:Universidade Federal de Viçosa

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Codorna Alimentação e rações Triptofano Exigência nutricional

ISBN:

Date of Publication:02/20/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.