Details

Prevalência de disfunção tireoidiana e anticorpos antitireoidianos em pacientes portadores de diabetes mellitus tipo 1 e em seus familiares de primeiro grau Prevalence of thyroid dysfunction and antithyroid antibodies in type 1 diabetic mellitus patients and their first degree family members

by Rodrigues, Ricardo

Abstract (Summary)
O diabetes mellitus tipo 1 resulta da destruição das células ? pancreáticas, mediadapor um processo auto-imune celular, levando à deficiência na produção de insulina.Freqüentemente, encontra-se associado a outras doenças auto-imunes como atireoidite de Hashimoto, doença celíaca, anemia perniciosa, adrenalite e ooforite. Adoença auto-imune da tireóide (DAT) é a mais frequente, com sua prevalênciavariando de 3 a 50% entre diabéticos, sendo esta, também, maior entre seusfamiliares, se comparado à população geral.O objetivo do presente estudo foi investigar a prevalência de doença auto-imune datireóide em pacientes portadores de diabetes mellitus tipo 1 no município deUberlândia e avaliar possíveis diferenças de comportamento clínico-evolutivo dodiabetes mellitus entre os diabéticos portadores e não portadores de doença autoimuneda tireóide, bem como estudar a prevalência de doença auto-imune edisfunção da tireóide em familiares de primeiro grau de pacientes com diabetesmellitus tipo 1, além de investigar se existe diferença na prevalência de doença autoimuneda tireóide entre familiares de diabéticos tipo 1 portadores e não portadoresde doença auto-imune da tireóide. Foram avaliados 124 pacientes diabéticos comcoleta de dados clínico-laboratoriais, como idade, dados antropométricos, tempo deevolução da doença, presença de complicações agudas e crônicas, hemoglobinaglicosilada, dose de insulina diária, níveis de TSH e anticorpos anti-tireoidianos,para avaliação quanto ao comportamento e evolução do diabetes entre aqueles com esem associação de doença tireoidiana. Também foram avaliados 54 familiares em primeiro grau desses pacientes diabéticos quanto a sua função tireoidiana e presençade auto-anticorpos tireoidianos, subdivididos em um grupo de familiares dediabéticos que apresentavam doença auto-imune da tireóide e um grupo controle defamiliares de diabéticos sem a doença tireoidiana associada. A prevalência de DATe de disfunção hormonal entre os diabéticos foi de 35,5% e 19,3%, respectivamente.Quanto à evolução do diabetes e seu comportamento clínico, estes não apresentaramdiferenças nos grupos com e sem DAT. Já no estudo dos familiares, observou-seuma maior prevalência de DAT e disfunção hormonal no grupo de familiares dosdiabéticos com DAT (63,6% e 27,3%) do que no grupo dos familiares dosdiabéticos sem DAT (21,9% e 9,4%).O estudo mostrou que prevalência de doença auto-imune de tireóide em diabéticos eem seus familiares, em Uberlândia, é elevada. Justifica-se, nesses casos, ainvestigação rotineira da função tireoidiana, particularmente nos familiares emprimeiro grau de diabéticos com doença auto-imune de tireóide.
Bibliographical Information:

Advisor:Paulo Tannus Jorge

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:diabetes mellitus tireóide doenças ciencias da saude

ISBN:

Date of Publication:11/17/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.