Details

Avaliação de testes sorológicos para leishmaniose visceral canina utilizando coleta de amostra sanguíneas em papel de filtro

by da Silva, Marcus Vinícius

Abstract (Summary)
A leishmaniose visceral vem apresentando mudanças importantes em seu padrão detransmissão, com progressiva urbanização e expansão geográfica, acometendo regiõesanteriormente consideradas indenes. O controle da doença tem se mostrado difícil elaborioso, e a experiência adquirida nas últimas décadas revela a necessidade de se utilizaras medidas de controle de forma integrada. Incluída entre as estratégias preconizadas pelosórgãos públicos, a eliminação dos reservatórios caninos constitui uma importante ação que,para ser executada, exige uma correta identificação dos cães infectados. Outras medidas,como a vacinação dos cães, têm sido também utilizadas. Com a introdução no mercado deuma vacina contra a Leishmaniose Visceral Canina (Leishmuneâ), capaz de ocasionar odesenvolvimento de altos níveis de anticorpos IgG, torna-se necessária a utilização denovos marcadores sorológicos. Além disso, para o diagnóstico sorológico da infecção porLeishmania chagasi, é desejável a utilização de sangue dessecado em papel de filtro(SDPF), pois apresenta vantagens sobre a utilização de soro obtido por punção venosa,principalmente com relação aos custos envolvidos com logística e às facilidades parautilização em condições de campo.Assim, neste trabalho, buscou-se validar, em amostras de soro e de SDPF, um testede imunofluorescência indireta (IFI), desenvolvido pela Bio-Manguinhos, e dois testesimunoenzimáticos (ELISA), sendo um deles também desenvolvido pela Bio-Manguinhos eo outro desenvolvido de acordo com a técnica descrita por Voller (1976) com modificações,utilizando antígeno solúvel obtido a partir de promastigotas de L. major-like. Avaliou-setambém a reprodutibilidade dos níveis de anticorpos IgG, IgG1 e IgG2 por estas reaçõessorológicas, ao longo do tempo decorrido após a coleta. Além disso, determinou-se acapacidade das imunoglobulinas IgG1 e IgG2 de se constituírem em marcadores deinfecção ativa por L. chagasi e o comportamento das mesmas em amostras de SDPF.As amostras de soro e eluato de SDPF obtidas de 161 cães ? sendo 31 negativos, 10chagásicos, 42 infectados assintomáticos, 45 infectados oligossintomáticos e 33 infectadospolissintomáticos ? foram ensaiadas de forma pareada no 1o dia após a coleta (D.A.C.),sendo que no 15o, 30o e 60o D.A.C. foram ensaiadas alíquotas de amostras de eluato deSDPF e comparadas com os resultados obtidos com o soro no 1º D.A.C.A validade das reações, em soro e em eluato, foi aferida através dos índices de copositividade(icp), co-negatividade (icn), concordância de Youden (J) e dos valorespreditivos positivo (vpp) e negativo (vpn), utilizando-se a reação de IFI em soros comoreferência, uma vez que esta reação demonstrou fidelidade em identificar corretamente osanimais verdadeiramente positivos e negativos. As reações de IFI, ELISA (Bio-Manguinhos), ELISA IgG (ag. L. major-like) e ELISA IgG2 (ag. L. major-like), emamostras de soro e eluato, se mostraram válidas para o diagnóstico sorológico da LVC. Adistribuição cruzada dos resultados obtidos com soro e eluato, para cada reação avaliada,revelou ótimas e boas concordâncias para as reações de IFI, ELISA (Bio-Manguinhos),ELISA IgG (ag. L. major-like) e ELISA IgG2 (ag. L. major-like). A análise dareprodutibilidade das reações em SDPF, armazenadas a 4ºC na presença de sílica-gel., emfunção do tempo, demonstrou que níveis de imunoglobulinas específicas da classe IgG,presentes nas amostras de SDPF, mantiveram-se estáveis por até 30 D.A.C. pela reação deIFI e por até 60 D.A.C. pelas reações de ELISA (Bio-Manguinhos) e ELISA (ag. L. majorlike).As imunoglobulinas específicas das subclasses IgG1 e IgG2, presentes nas amostrasde SDPF, também mantiveram seus níveis estáveis por até 60 D.A.C. pela reação de ELISA(ag. L. major-like). Não foi possível estabelecer uma correlação entre os níveis daimunoglobulinas IgG, IgG1 e IgG2 com a classificação clínica dos cães infectados por L.chagasi.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Terezinha Bahia; George Luiz Lins Machado Coelho; Aluízio Rosa Prata

School:Universidade Federal de Ouro Prêto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:IMUNOLOGIA Imunologia de protozoários calazar parasitologia sorologia

ISBN:

Date of Publication:04/05/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.