Details

Germinação de stevia rebaudiana Bert

by Randi, Aurea Maria

Abstract (Summary)
A ?25 GRAUS?C, os aquênios de Stevia rebaudiana Bert. são fotoblásticos positivos. Luzes verde e azul não afetaram a germinação, a qual era promovida por luz vermelha e inibida por vermelho extremo. Choques de vermelho extremo reverteram o efeito promotor de vermelho. O efeito promotor de vermelho não foi revertido pela luz azul. Em temperatura constante, sob luz branca, a melhor porcentagem de germinação ocorreu a ?25 GRAUS?C. As temperaturas de 5 e ?40 GRAUS?C inibiram totalmente a germinação. O efeito de temperaturas alternadas foi verificado em aquênios mantidos no escuro. Nenhum dos pares de temperaturas utilizados promoveu a germinação de Stevia no escuro. Ácido abscísico inibiu a germinação de aquênios mantidos em luz. Em aquênios mantidos no escuro constante, a germinação foi provida por ácido giberélico na concentração de 50 mg/l. Etrel e 6 benzil adenina em concentrações baixas não afetaram a germinação, enquanto que ácido indol-3-acético na concentração de 1 a 10 mg/l inibiu a germinação no escuro (em relação ao controle). A germinação a ?25 GRAUS?C em luz branca foi sempre ao redor de 40 a 60 por cento. Pela clarificação dos aquênios foi demonstrado que apenas 40 a 60 dos aquênios escuros eram férteis... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Gil M. Felipe; Gil M. Felipe [Orientador]

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Fisiologia vegetal

ISBN:

Date of Publication:

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.