Details

Avaliação de crenças sobre epilepsia em adultos e crianças em grupos de universitários

by Silva Vieira, Fernanda da

Abstract (Summary)
A epilepsia é uma das desordens neurológicas mais comuns e afeta por volta de 50 milhões deindivíduos em todo o mundo. Talvez mais do que qualquer outro distúrbio, esta desordem é associada a profundas e deletérias conseqüências psicológicas e sociológicas que não estão diretamente relacionadas ao processo real da doença. Os preconceitos sobre epilepsia e os estereótipos negativos da população ainda persistem, e os portadores de epilepsia ainda continuam sofrendo com a falta de informação técnica, e com as crenças negativas das pessoas que os cercam. Desse modo, este trabalho teve o objetivo de levantar as crenças sobre adultos e crianças epilépticas numa amostra de 186 estudantes universitários divididos em 3 área/grupo de conhecimento- ciências biomédicas, exatas e humanas. Utilizou-se para coleta dos dados um instrumento adaptado a partir de Escala de Crença e Atitudes sobre EpilepsiaGajjar (2001), contendo itens referentes a crenças médicas e crenças não médicas. Os dados foram computados no SPSS versão 10, e as principais análises foram feitas a partir do teste Kruskal-Wallis. Os resultados indicaram que não há diferença significativa entre os grupos (ciências biomédicas, exatas e humanas) , mas apresentaram diferenças no julgamento de afirmativas relacionadas às crenças médicas e não-médicas, indicando que todos os grupos diferenciam os tipos de crenças, mas não as julgam de forma diferente em função da formação acadêmica, tanto no que tange a crenças sobre adultos quanto crianças epilépticas. Asprincipais conclusões deste trabalho são de que a amostra de universitários sustenta suas avaliações baseadas mais no conhecimento tácito do que no conhecimento técnico sobreepilepsia. As crenças relacionadas às crianças epilépticas, comparativamente às relacionadas ao adulto portador de epilepsia, parecem estar ainda menos embasadas em informações técnicas sobre este distúrbio neurológico. Este trabalho de pesquisa mostrou a importância e anecessidade de pesquisas que investiguem mais profundamente o impacto social e 6 psicológico da epilepsia para promover aporte cientifico para o desenvolvimento de novos programas públicos educativos para a população em geral.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Antônio Wilson Pagotti; Marilia Ferreira Dela Coleta; Renata Ferrarez Fernandes Lopes

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Crenças Crianças Estresse psicossocial Universitários Epilepsia nas crianças Estudantes universitários Superstição

ISBN:

Date of Publication:05/02/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.