Details

Características de qualidade da carne de coelhos alimentados com rações contendo farelo de coco

by de Souza, Daniela Vieira

Abstract (Summary)
Este trabalho teve como objetivo verificar o efeito da inclusão de farelo de coco (FC) na ração de coelhos (Nova Zelândia Branco x Califórnia) sobre a composição centesimal, propriedades físicas e funcionais e perfil de ácidos graxos da carne. Também foi determinada a relação de ácidos graxos poliinsaturados para saturados (P/S). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco níveis de inclusão na ração (0,00; 6,25; 12,50; 18,75 e 25,00%) e doze repetições por tratamento, totalizando 60 coelhos. O aumento dos níveis de FC na ração não afetou (pgt;0,05) a composição centesimal, o pH e as perdas de peso por cocção (PPC) da carne. Os níveis de FC na ração tiveram efeito quadrático sobre a capacidade de retenção de água (CRA) e linear sobre a resistência ao corte (RC) da carne. As rações contendo 25,00% de FC produziram carne com menores (plt;0,05) valores de CRA e aquelas contendo 18,75 e 25,00% de FC produziram carnes com maiores (plt;0,05) valores de RC que a carne do tratamento com 0,00% de FC. Nas carnes provenientes das rações contendo 12,50, 18,75 e 25,00% de FC o componente de cor a* teve valores maiores (plt;0,05) que o da carne da ração com 0,00% de FC. O componente de cor b* foi afetado linearmente pelos níveis de FC na ração e todas as rações contendo FC produziram carnes com valores de b* mais altos (plt;0,05) que aquela proveniente da ração com 0,00% de FC. Dentre os ácidos graxos mais abundantes na carne de coelho o palmitoléico, o esteárico e o linolênico foram afetados linearmente pelo nível de FC na ração. Em relação ao nível desses ácidos graxos na carne dos coelhos alimentados com 0,00% de FC observou-se menores (plt;0,05) níveis de ácido palmítico na carne proveniente de todas as rações contendo FC; maiores (plt;0,05) níveis dos ácidos mirístico e esteárico e menor (plt;0,05) de ácido palmitoléico na carne proveniente da ração com 25,00% de FC e menor (plt;0,05) nível de ácido linolênico nas carnes provenientes das rações contendo 18,75 e 25,00% de FC. A relação P/S na carne de coelho não foi afetada significativamente (pgt;0,05) pelos tratamentos, indicando que a inclusão desse subproduto na ração de coelhos é viável até 25,00%.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:JORGE FERNANDO FUENTES ZAPATA; Antônia Lucivânia de Sousa Monte; DEBORAH DOS SANTOS GARRUTTI; Ednardo Rodrigues Freitas

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Cor da carne resistência ao corte perdas por cocção perfil de ácidos graxos.

ISBN:

Date of Publication:04/27/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.