Details

Gestão de pessoas e paradoxos organizacionais: contradições entre o discurso e a prática

by de Aguiar, José Eduardo

Abstract (Summary)
A aceleração dos processos se transformou em um fator crítico para as empresas,obrigando-as à revisão do conceito de gestão de pessoas e à adoção de discursoque proporcione ao trabalhador a perspectiva de um maior controle sobre suaprópria atividade, em nome da necessária flexibilidade organizacional. Entretanto, arápida implementação de novos modelos de gestão de pessoas, voltados para aaprendizagem e a mudança, tem ocasionado certo descompasso entre a adoção donovo discurso formal de gestão de pessoas e a sua efetiva operacionalização,provocando a ocorrência do paradoxo organizacional conhecido como contradiçõesdiscurso versus prática. Esta pesquisa se propôs a estudar a realidade traduzidapelo ambiente de trabalho em seis agências bancárias de atendimento ao cliente deuma instituição financeira, de forma a identificar as contradições existentes entre odiscurso e a prática organizacional, através do resgate e do inter-relacionamentoentre fundamentos teóricos vinculados à mudança organizacional, à gestão depessoas, à satisfação para com o trabalho e à gestão de carreiras, tendo comoobjetivo geral conhecer de que forma estas possíveis contradições afetam otrabalhador, na sua satisfação para com a realização do trabalho e na sua gestão dacarreira profissional. A partir do pressuposto de que a rápida adaptação das teoriasadministrativas ligadas ao fator humano da produção provoca uma série de efeitoscolaterais, dentro de um contexto de implementação de mudanças organizacionais,é caracterizado o que vem a ser paradoxo organizacional, possibilitando oestabelecimento de uma correlação entre os conflitos organizacionais e a cogniçãodo trabalhador, com esta última influenciando diretamente a satisfação para com otrabalho e a gestão da carreira profissional. De natureza aplicada, adotando ométodo fenomenológico e a abordagem qualitativa para a efetivação de um estudode caso, este trabalho está apoiado na pesquisa bibliográfica, na observaçãoparticipante, nos dados coletados através da análise documental e de entrevistassemi-estruturadas. As características do fenômeno observado são apresentadas deforma descritiva e os dados analisados indutivamente. O resultado traduziu arealidade do Corpus de pesquisa, materializada especificamente dentro do ambientede trabalho delimitado, de onde foram registradas diferentes formas de reação doempregado às contradições existentes entre o discurso da organização e a práticagerencial efetiva, inclusive a não percepção de tais contradições, gerandoconseqüências que vão da indiferença à revolta, da falta de comprometimento àdeterminação de deixar a empresa.
Bibliographical Information:

Advisor:Edison Mello Junior; Joao Bento de Oliveira Filho; Alessandra Rachid

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:mudança organizacional paradoxo satisfação no trabalho gestão de carreira organizational change paradox work satisfaction career management administracao desenvolvimento

ISBN:

Date of Publication:02/15/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.