Details

Identificação de áreas prioritárias para a conservação da sociobiodiversidade na zonaestuarina da costa do dendê Bahia

by Lessa, Carla Michelle

Abstract (Summary)
Esta dissertação é resultado de uma pesquisa sobre as ameaças à sociobiodiversidade da zona estuarina da Costa do Dendê, no litoral sul do Estado da Bahia. A área de estudo, uma das mais preservadas do litoral brasileiro, destaca-se por suas paisagens peculiares, pela alta diversidade biológica ? constituída de um mosaico de ecossistemas de transição entre a mata atlântica e os ambientes marinhos, com destaque para os manguezais, restingas e recifes de corais ?, e por uma diversidade cultural, marcada pela presença de inúmeras comunidades de pescadores artesanais e quilombolas. A manutenção dessa diversidade se deve, em certo grau, ao isolamento geográfico, decorrente dos limites naturais e antrópicos impostos à paisagem local e ao uso sustentado dos recursos naturais como parte integrante da cultura das comunidades tradicionais. Nos últimos anos, esse patrimônio vem sendo ameaçado por programas de desenvolvimento territorial dissonantes com a realidade da região. Neste contexto, a pesquisa teve como propósito verificar a vulnerabilidade socioambiental da zona estuarina da Costa do Dendê frente ao turismo, à exploração de hidrocarbonetos e à maricultura, principais vetores de desenvolvimento para a região, bem como definir áreas prioritárias para a conservação da sociobiodiversidade. O caráter interdisciplinar da temática permitiu uma investigação que integra conceitos de ecologia, meio ambiente e ciências sociais. Os levantamentos de campo foram realizados por meio de observação direta e entrevistas semi-estruturadas. Para a construção dos mapas temáticos, os dados foram espacializados em um Sistema de Informações Geográficas. A sobreposição das áreas de uso das comunidades tradicionais com as áreas de influências dos projetos e empreendimentos de desenvolvimento permitiu a identificação das áreas prioritárias. Durante a análise dos dados, verificou-se que os vetores de desenvolvimento disputam os espaços e recursos com as comunidades tradicionais, gerando conflitos de uso e choques culturais. Ações de planejamento territorial e políticas públicas devem ser executadas, de forma integrada e participativa, a fim de assegurar a conservação dos ecossistemas e do modo de vida das comunidades tradicionais, uma vez que estes se encontram intimamente associados
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Iara Lucia Gomes Brasileiro; Neio Lucio de Oliveira Campos; Rafael Sanzio Araujo dos Anjos

School:Universidade de Brasília

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:diversidade biológica cultural comunidades tradicionais desenvolvimento territorial conservação GEOGRAFIA

ISBN:

Date of Publication:

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.