Details

Avaliação de modelo de predição para apnéia do sono em pacientessubmetidos a polissonografia

by Musman, Silvio

Abstract (Summary)
Conhecer e entender melhor os misterios do sono tem atraido o interesse de pesquisadores ha muitos anos. Entretanto, somente nos ultimos quarenta anos estes conhecimentos avancaram de forma significativa. Os disturbios do sono, quando sintomaticos, causam repercussoes que geralmente se manifestam durante o dia, principalmente atraves de sonolencia excessiva e alteracoes neurocognitivas, comprometendo o funcionamento diurno e expondo seus portadores a risco de acidentes. Alem disto, sabemos que os disturbios respiratorios do sono (DRS) estao tambem associados a risco aumentado para o desenvolvimento de desfechos cardiovasculares. A apneia/hipopneia do sono (AHS) e o representante mais frequente dos DRS, acometendo cerca de 2 a 4% da populacao geral adulta, podendo chegar a mais de 50% apos suspeitabaseada em dados clinicos. Seu diagnostico e estadiamento depende da realizacao da polissonografia de noite inteira (padrao-ouro), exame tecnicamente dificil e de limitado acesso a grande maioria da populacao. A associacao de apneia/hiponeia do sono e sonolencia excessiva caracteriza a sindrome da apneia/hipopneia do sono.A medida da sonolencia excessiva pode ser feita atraves de metodos objetivos ou subjetivos. No primeiro caso, o principal exame e o Teste das Multiplas Latencias do Sono, que a exemplo da polissonografia, tambem apresenta dificuldade tecnica e pouca disponibilidade. Aescala de sonolencia de Epworth e um instrumento que busca medir a sonolencia excessiva subjetiva, muito utilizado por sua simplicidade e baixo custo, porem ainda nao validado no Brasil. Nosso estudo teve como objetivo geral desenvolver um modelo de predicao paraapneia/hipopneia do sono em pacientes encaminhados para realizar polissonografia, e como objetivos especificos, descrever as caracteristicas clinicas desta populacao e seus aspectos quanto a sonolencia, insonia e qualidade de vida. Alem destes, objetivamos tambem medir a confiabilidade da escala de Epworth atraves de teste e re-teste e seu valor na predicao para apneia/hipopneia do sono.Durante um periodo de quatro meses, 323 pacientes foram estudados, sendo 59,1% homens. A mediana da idade foi 34,7 anos e o IMC medio de 29,5 (+ 6,6) Kg/m2. A prevalencia de AHS foi de 71,2%; 81,2% nos homens e 56,8% nas mulheres. Nao houve diferenca estatistica napontuacao da escala de Epworth entre os grupos com e sem AHS. A regressao logistica, as variaveis associadas a AHS leve, moderada ou grave foram idade, IMC, circunferencia do pescoco e apneia testemunhada. Para AHS grave estas variaveis apresentaram OR (IC95%) de 1,10 (1,06 a 1,15), 7,01 (2,82 a 17,41), 1,53 (1,35 a 1,75) e 1,15 (1,06 a 1,26), respectivamente. As variaveis preditoras do indice de apneia/hipopneia, a regressao linear, foram idade, IMC, circunferencia do pescoco, apneia testemunhada (associacoes positivas) erinite alergica (associacao negativa), com um R2 de 39%.O intervalo medio entre o teste e re-teste da escala de Epworth foi de 24,0 dias, sendo que as medianas da sua pontuacao total foram, respectivamente, 10 e 10 e as medias (e desvios padroes) foram 10,58 (+ 4,87) e 10,02 (+ 4,95). O coeficiente de Spearman foi de 0,7133 (boacorrelacao). A consistencia interna medida pelo alfa (¿) de Cronbach foi de 0,7807 (boa). Concluimos, que uma suspeita previa, por dados clinicos e antropometricos, aumenta a possibilidade de identificacao de AHS pela polissonografia. Ja a sonolencia excessiva medidapela escala de Epworth nao foi util na predicao de casos. O modelo linear com preditores unicamente clinicos explicou cerca de 39% da variancia do log IAH e e util para otimizar a indicacao da polissonografia no diagnostico da AHS. A versao traduzida da escala de Epworth para o portugues brasileiro apresentou boa consistencia interna (correlacao entre os itens) e satisfatoria confiabilidade (reprodutibilidade e estabilidade quando respondida em dois momentos separados no tempo). Apesar de nao ter sido feita a validacao da escala de Epworth, os achados sugerem que a versao traduzida apresenta satisfatoria reprodutibilidade na populacao do estudo.
Bibliographical Information:

Advisor:Sandhi Maria Barreto; Valeria Maria de Azeredo Passos; Ana Maria Baptista Menezes; Fábio Lopes Rocha

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:dissertaã§ã£o da faculdade de medicina ufmg clinica mã©dica teses sã­ndromes apnã©ia do sono decs epidemiologia polissonografia distãºrbios por sonolãªncia excessiva transtornos dissertaã§ãµes acadãªmicas

ISBN:

Date of Publication:04/25/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.