Details

Intervalidação de marcadores bioquímicos de carência subclínica de vitamina A

by de Oliveira, Elizabeth Alves

Abstract (Summary)
A deficiência de vitamina A (VAD) é um grave problema de saúde pública em países onde representa uma das maiores causas de cegueira evitável em crianças. Diversos marcadores bioquímicos são correntemente recomendados para definir a VAD como um problema de saúde pública: retinol sérico e hepático, resposta relativa a dose (RDR), resposta sérica de 30 dias (S30DR), MRDR entre outros. A VAD subclínica é detectada com o uso de marcadores envolvidos no metabolismo do retinol. Nosso objetivo foi comparar a prevalência de VAD subclínica em função de alguns marcadores bioquímicos para promover a intervalidação entre eles. Amostras de plasma de crianças com idade variando de 2 a 141 meses foi coletado com o objetivo de analisar a concentração de retinol sérico, RDR, S30DR. Fígado de crianças necropsiadas foi usado para analisar o retinol hepático. A prevalência de crianças na forma subclínica da deficiência foi obtida e seus valores analisados. Os resultados obtidos foram 39%, 34%, 39% e 53% para retinol sérico e hepático, RDR e S30DR, respectivamente. Os marcadores subclínicos foram intervalidados por revelarem os mesmos níveis de importância na definição da VAD a ser monitorado para avaliar os programas de intervenção, a fim de melhorar o status de vitamina A da população. Entre os marcadores analisados, o retinol sérico com ponto de corte lt;1.5 µmol/L é sugerido como eleito em função de ser metodologicamente mais viável
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Hernando Flores Rojas

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:vitamina a carência subclinica nutrição bioquímica nutricao

ISBN:

Date of Publication:12/17/2004

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.