Details

Caracterização de ligante asfáltico brasileiro e avaliação da presença de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs)

by Nunes Fernandes, Paulo Roberto

Abstract (Summary)
O ligante asfáltico brasileiro oriundo do Estado do Espírito Santo e processado na unidade de Negócios da Petrobras (LUBNOR) foi analisado nas suas principais características utilizando-se de métodos espectrométricos (RMN e FTIR), cromatográficos (GPC), análise térmica (TGA) e microscópica(AFM). As duas principais frações do ligante constituídas de maltenos e asfaltenos também foram analisadas. Da fração maltênica do ligante foram extraídos os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) utilizando-se de métodos cromatográficos, tais como: Dispersão de matriz em fase sólida(DMFS), cromatografia de adsorção em coluna e cromatografia gasosa (GC). Os resultados mostraram que o ligante asfáltico apresentou HPAs considerados tóxicos e outros considerados mutagênicos e carcinogênicos, além de outros HPAs, diferentes dos padrões analíticos estudados. A estrutura molecular do coroneno foi visualizada através da imagem microscópica (STM). Imagens obtidas através do uso da técnica de microscopia de força atômica (AFM) do ligante mostram a coexistência de uma fase rica em asfaltenos emequilíbrio. Imagens (AFM) do ligante quando modificado por polímero sugerem que parte da fração maltênica é absorvida pelo polímero. As imagens AFM dos asfaltenos quando extraídos do ligante mostraram-se na forma de aglomeradoscirculares estabilizados na presença do solvente. A massa molar média dos asfaltenos foi calculada a partir de duas técnicas empregadas, osmometria e cromatografia de permeação em gel apresentando-se na faixa de 5900-6700g/mol. A estabilidade térmica do ligante e asfaltenos foram analisadas através das curvas TGA. A estabilidade oxidativa do ligante e asfaltenos, a partir do cálculo da energia de ativação, mostram-se caóticas dadas à presença decompostos altamente reativos frente ao oxigênio. Parece ser influenciada pelas reações secundárias de decomposição e/ou oxidação de produtos e resíduos formados. A solubilização dos asfaltenos em n-hexano foi avaliada na presença de aditivos e mostraram que a solubilização aumentou com a adição do líquido da castanha de caju (LCC) e da cera de carnaúba.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Hosiberto Batista de Sant\'Ana; Sandra de Aguiar Soares; Jackson Rodrigues de Sousa

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:quimica ligante asfáltico caracterização binder processed characterization

ISBN:

Date of Publication:07/20/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.