Details

Produção de flavonoides e atividade oxido nitrico sintase na resposta de defesa de soja ao fungo causador do cancro da haste

by Modolo, Luzia Valentina

Abstract (Summary)
O presente trabalho analisou a participação da enzima óxido nítrico sintase (NOS) na produção de fitoalexinas, como parte do mecanismo de defesa de soja ao ataque do fungo Diaporthe phaseolorum f. sp. meridionalis (Dpm), causador da doença do cancro da haste. A produção de fitoalexinas e a atividade NOS em cotilédones de soja eliciados com extrato do fungo Dpm foram comparadas com aquela induzida por nitroprussiato de sódio (SNP), uma molécula capaz de liberar óxido nítrico (NO). Os flavonóides produzidos foram identificados e quantificados utilizando Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e padrões autênticos. A atividade NOS foi determinada pela síntese de L-[U_14C] citrulina a partir de L-[U-14C] arginina. A eliciação dos cotilédones de soja com o extrato de Dpm ou com SN P induziu intensa produção de fitoalexinas. Não foi observada produção de fitoalexinas quando o SNP foi substituído por ferricianeto que difere estruturalmente do primeiro apenas por não conter o NO. A produção de fitoalexinas induzida pelo extrato de Dpm, mas não aquela induzida por SNP, foi inibida quando os cotilédones de soja foram pré-tratados com inibidores característicos da enzima NOS de origem animal. A eliciação com Dpm induziu também atividade NOS nos tecidos em contato com o eliciador, atividade não observada nos tecidos eliciados por SNP. A atividade NOS induzida mostrou ser dependente de Ca2+ e NADPH e foi inibida por L-NAME [NG-nitro-L-arginina metil éster], AMG [Aminoguanidina] e L-NIL [L-N6-(1-iminoetil) lisina], inibidores característicos da NOS de origem animal. A indução de atividade NOS precedeu a ativação da produção de flavonóides nos cotilédones eliciados por Dpm. O acúmulo destes metabólitos foi mais precoce quando os cotilédones foram eliciados com SNP. O conjunto de resultados sugeriu que na eliciação por Dpm ocorreu a ativação de uma enzima do tipo NOS produzindo NO que foi capaz então de induzir a produção de flavonóides que apresentam atividade antimicrobiana. Não foram observadas diferenças significativas na produção de fitoalexinas pelos cotilédones entre os cultivares IAC-18 e IAC-14, resistente e suscetível ao Dpm, respectivamente. Estes resultados indicaram que ambos os cultivares seriam capazes de se defender ao ataque do patógeno nos estádios iniciais de desenvolvimento da planta
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ione Salgado; Ione Salgado [Orientador]; Cibele Marli Cação Paiva Gouvea; Marcia Regina Braga; Carmem Verissima Ferreira

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Cancro (Fitopatologia) Soja

ISBN:

Date of Publication:08/27/2001

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.