Details

Genótipos de rotavírus do grupo A de crianças com diarréia aguda atendidas em dois hospitais do município de Vitória ? ES, em período anterior à imunização para rotavirus

by Saick, Ketene Werneck

Abstract (Summary)
Os rotavirus do grupo A (RVA) são uma das principais causas de diarréia aguda em crianças até cinco anos tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento. O virion possui genoma constituído por 11 segmentos de RNAdf, contido por um triplo capsídeo concêntrico, cujo padrão de migração após eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA) permite a classificação em grupos (A-G) e em perfis longo, curto e super-curto. O capsídeo externo é formado pelas proteínas VP4 e VP7, cujos genes formam a base do sistema de classificação em genótipos P e G, respectivamente. O conhecimento dos genótipos de RVA em uma determinada área geográfica é essencial para o estabelecimento e omonitoramento de estratégias preventivas. Considerando a carência de estudo de genotipagem no Espírito Santo, esta pesquisa se propôs: i) determinar os genótipos de RVAobtidos de crianças com diarréia aguda, residentes na Região Metropolitana de Vitória - ES, provenientes do Pronto Socorro do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (PS-HINSG)(80/253), entre fevereiro de 2003 e junho de 2004 e; ii) determinar a freqüência e os genótipos de RVA em crianças atendidas na emergência (n=5) ou hospitalizadas (n=63) napediatria do Hospital CIAS-UNIMED, entre julho de 2004 e novembro de 2006. RNAdf viral foi extraído a partir de suspensão fecal, através do método de guanidina-sílica. EGPA foi realizado nas amostras do CIAS/UNIMED para detecção de RVs e determinação do perfil eletroforético. DNA complementar foi sintetizado por transcrição reversa utilizando o iniciador randômico pdN6 TM. PCR foi realizado utilizando um par de iniciadores consenso para VP4 (4con2/4con3) ou para VP7 (9con1/9con2) e os produtos foram utilizados na Multiplex semi-nested PCR com iniciadores específicos para G e P (G1-G5, G9, P[4], P[6], P[8], P[9]). Das cepas de RVA do PS-HINSG, observou-se os genótipos G1P[8] (83,6%), G9P[8] (7,5%), G1P[4] (2,5%), G1P[6] (1,3%), G4P[6] (1,3%) e G?P[8] (3,8%). Das amostrasobtidas no CIAS/UNIMED, 20,6% (14/68) foram positivas para RVA, quatro e dez com perfis curto e longo, respectivamente. Destas cepas, foram observados os genótipos G9P[8] (50%), G2P[4] (28,7%), G2P[8], G1P[8] e G?P[8] (7,1%, cada). Nenhuma infecção mista foi observada em ambos hospitais. Estes dados revelam: i) G1P[8] e G9P[8], genótiposprevalentes no PS-HINSG e no CIAS/UNIMED, espectivamente; ii) G9P[8], detectado no final do período de coleta das amostras do PS-HINSG, sugere flutuação temporal na circulação; iii) G2P[4], encontrado somente em 2006 nas crianças hospitalizadas. Os resultados obtidos sugerem que a vacina Rotarix® utilizada no Brasil poderá ser eficiente emreduzir o número de casos e a gravidade da doença na região do estudo. Entretanto, destaca-se o surgimento do genótipo G2 para o qual a vacina apresenta menor proteção, reforçando a necessidade de vigilância contínua dos genótipos circulantes como monitoramento da eficácia da vacina.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:José Paulo Gagliardi Leite; Elenice Moreira Lemos; Liliana Cruz Spano

School:Universidade Federal do Espírito Santo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: Crianças Rotavírus Reação em cadeia depolimerase

ISBN:

Date of Publication:09/17/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.