Details

Percepção de cultura organizacional em filiais de empresas multinacionais: um estudo comparativo

by Franzão, Luziene Soares

Abstract (Summary)
A cultura organizacional tem sido objeto de estudo de diversas áreas do conhecimento:Antropologia, Sociologia e Psicologia. O interesse pelo tema se acentuou a partir da décadade oitenta e várias pesquisas têm sido conduzidas objetivando a sua compreensão e aconstrução de um corpo teórico-empírico consistente. Cultura organizacional refere-se a umconjunto de valores e práticas compartilhadas pelos membros de uma organização e que adifere das outras. Os referenciais teóricos deste estudo se fundamentam nos estudos de GeertHofstede, cuja amostra se constituiu de funcionários da IBM em 53 países e no ProjetoGLOBE (Global Leadership and Organizational Behavior Effectiveness), conduzido porRobert House e uma grande equipe de pesquisadores que estudaram características deliderança e da cultura em organizações de 62 países. Este trabalho buscou identificar aexistência de diferenças de percepção de cultura organizacional por parte dos funcionários detrês filiais de empresas multinacionais do ramo industrial situadas no Triângulo Mineiro. Astrês organizações possuem origem israelense, estadunidense e francesa e a amostra constituiusede 89 trabalhadores de diferentes áreas destas empresas. Os instrumentos utilizados para acoleta de dados foram: um questionário de dados pessoais, profissionais e da empresa e oInventário para Medida de Fatores da Cultura Organizacional (IMEFACO), composto por 59itens que avaliaram 4 fatores: Índice de Distância Hierárquica (IDH), Grau deIndividualismo/Coletivismo (IND), Orientação para o Futuro (OFUT) e Orientação para aRealização (OREA), validado no Brasil por Dela Coleta e Dela Coleta. As análises descritivas(freqüências, comparações entre médias, correlações) revelaram a existência de diferençassignificativas na percepção dos funcionários no que se refere à oportunidade de treinamento,oportunidade de melhorar de função, de melhoria de salário e qualidade das instalações, sendoque a filial da multinacional de origem estadunidense se destacou, sendo avaliada maispositivamente nestes itens. Em relação aos fatores da cultura organizacional, os resultadosindicaram médias significativamente diferentes nos quatro fatores pesquisados: no IDH afilial francesa obteve a média mais baixa, diferentemente dos resultados obtidos nos estudosde Hofstede e no Projeto GLOBE; Israel obteve índices baixos de IDH tanto nos estudos deHofstede quanto no Projeto GLOBE, e um índice mediano foi obtido neste estudo. A filial damultinacional estadunidense foi a que obteve maiores níveis de IDH. No IND, a empresaisraelense apresentou as maiores médias e a francesa as menores médias nesta variável. EmOFUT e OREA a empresa francesa se destacou com maiores índices, seguida pelaestadunidense e pela israelense, com menores médias comparativamente. Estes resultadosapontam para diferenças daqueles encontrados anteriormente nos estudos de Hofstede e noProjeto GLOBE.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Marilia Ferreira Dela Coleta; Sinésio Gomide Junior; José Augusto Dela Coleta

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Percepção Cultura Empresas multinacionais organizacional

ISBN:

Date of Publication:06/13/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.