Details

Aplicação de água carbonatada em abobrinha cultivada em solo com e sem cobertura plástica.

by Araújo, Wellington Farias

Abstract (Summary)
A técnica de aplicação de dióxido de carbono na água de irrigação é recente no Brasil, apresentando-se como alternativa promissora para o aumento da produtividade e para a otimização dos equipamentos de irrigação já instalados. Aliado a isso, o uso da cobertura plástica sobre o solo aumenta a temperatura deste e o mantém com umidade elevada por mais tempo, o que pode contribuir para a melhoria na produtividade e na qualidade dos frutos. A cultura da abobrinha de moita (Cucurbita pepo L.) constitui uma opção de pla ntio para os produtores de olerícolas, por possuir boa aceitação no mercado e poder ser cultivada o ano todo. O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de quatro doses de dióxido de carbono, dissolvido na água de irrigação, e do uso, ou não, da cobertura plástica do solo, sobre o desempenho da cultura da abobrinha. Dois experimentos de campo foram instalados durante o ano de 2000, um com cultivo de maio a julho e outro, de setembro a dezembro na área experimental do Departamento de Engenharia Rural da Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?/ USP em Piracicaba, Brasil. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos completos ao acaso, em parcelas subdivididas, com três repetições. Os tratamentos basearam-se na combinação de quatro doses de água carbonatada (parcelas), com e sem cobertura plástica de polietileno preto sobre o solo (subparcelas). Para o primeiro experimento, foram utilizadas as seguintes doses: 0, 59, 148, 274 kg ha ?1 de CO2, enquanto, para o segundo, foram utilizados: 0, 71, 199, 365 kg ha ?1 de CO2, aplicados via água de irrigação. No primeiro experimento, com temperaturas médias doar mais amenas, a área foliar, a massa de material seco da parte aérea e das raízes foram influenciadas tanto pelas doses de CO2, quanto pela cobertura plástica do solo. Isso proporcionou incrementos no número de frutos e na produção de abobrinha, sendo ajustados ao fenômeno modelos quadráticos. O maior rendimento foi de 15.435 kg ha -1 , com o uso de 58,4 kg ha -1 de CO2 , associado à cobertura plástica do solo, sendo 65% superior ao do tratamento-testemunha, que foi de 9.328 kg ha -1 . No segundo experimento, com temperaturas médias do ar mais elevadas, o rendimento e o número de frutos também foram influenciados tanto pela cobertura plástica, quanto pelas doses de CO2 adicionada à água de irrigação. O maior rendimento foi de 47.098 kg ha -1 , com uma dosagem de 100 kg ha -1 de CO2 para o solo nu. O conteúdo de nutrientes no fruto apresentou variação de acordo com a idade, sendo que as primeiras colheitas apresentaram teores mais elevados, o que, contudo, não tem relação com a água carbonatada e/ou com a cobertura plástica do solo. Os nutrientes presentes nos frutos em quantidades decrescentes, independente dos tratamentos, foram: K>N>P>Ca> Mg>Fe>Zn>Mn>B. Analisado aos 76 dias após o transplantio, o conteúdo de nutrientes em toda a planta foi influenciado pela água carbonatada e pela cobertura do solo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Tarlei Arriel Botrel; Jose Antonio Frizzone; Fátima Conceição Rezende; Regynaldo Arruda Sampaio; Joao Tessarioli Neto; Tarlei Arriel Botrel

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: abobrinha dióxido de carbono irrigação por gotejamento

ISBN:

Date of Publication:03/11/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.