Details

Resíduos de acefato, de seu metobólito metamidofós e de clorotalonil em cultura protegida de tomate (Lycopersicon esculentum Mill) e de campo.

by Pimentel Trevizan, Luiz Roberto

Abstract (Summary)
O desenvolvimento da agricultura, a modernização dos meios da produção agrícola, buscando atender um mercado exigente em produtos de alta qualidade tem aumentado grandemente os cultivos conduzidos em condições de estufa. Tais culturas, demandam o uso de pesticidas para controle de problemas fitossanitários, cujos resíduos, principalmente em hortaliças e frutas, são motivo de preocupação com a saúde de consumidores e de operários que necessitam trabalhar nessas instalações. Os objetivos deste estudo foram determinar resíduos dos inseticidas acefato, de seu metabólito metamidofós e do fungicida clorotalonil em um sistema de cultura de tomate de estufa, em comparação com cultura de campo, de modo a abranger: estudo do metabolismo de acefato a metamidofós; alteração da contaminação dos resíduos de acefato, metamidofós e de clorotalonil em alguns compartimentos do sistema protegido (fruto, folha e solo); e comparação entre os níveis residuais encontrados nos frutos de cultura de estufa com os limites máximos de resíduos (LMRs) e os intervalos de segurança estabelecidos pela legislação brasileira. Foram conduzidos um experimento de estufa (Piracicaba-SP) e outro de campo (Pereiras-SP), no período de maio-agosto/2002 (outono-inverno), em tudo, muito semelhantes um ao outro. Os tratamentos aplicados foram: a: testemunha; b: uma aplicação de 100 g de Orthene 750 BR (75 g i.a. acefato) + 400 mL de Dacostar 500 (200 g i.a. clorotalonil).100 L -1 de água; c: uma aplicação com o dobro das dosagens dos pesticidas do tratamento b; d: quatro aplicações na dosagem do tratamento b. As amostras foram tomadas nos dias -1, zero, 1, 3, 7, 14 e 21 dias após a última ou única aplicação. O método analítico constou da extração dos resíduos com acetato de etila, limpeza dos extratos por técnica de cromatografia de permeação em gel (GPC), com eluição procedida com uma mistura acetato de etila/ciclohexano. A determinação quantitativa foi feita por técnica de cromatografia em fase gasosa, usando-se detector fotométrico de chama (PFPD) para os resíduos de acefato e de metamidofós e detector de captura de elétrons (µ-ECD, Ni 63 ) para os de clorotalonil. Os limites de quantificação do método (LOQs) para os três pesticidas, em fruto e solo foi de 0,05 mg.kg -1 (ppm); em folhas foi de 0,5 mg.kg -1 (ppm). Foram realizadas 1.512 análises dos três analitos, sendo 252 amostras de cada um dos experimentos. Os resultados indicaram que os resíduos de acefato, metamidofós e de clorotalonil, nos frutos de estufa e de campo, sempre estiveram abaixo dos respectivos LMRs em todo o período de colheita das amostras, inclusive no intervalo de segurança. Mostraram também, que o metabolismo de acefato a metamidofós foi muito baixo nos frutos, particularmente importante nas folhas, mas não bem caracterizado no solo. Ainda, foi observado que os resíduos de acefato e de clorotalonil foram invariavelmente maiores na estufa do que no campo, especialmente em folhas e no solo, sendo, também, estáveis e persistentes, em geral até a amostragem de 7 dias. Particularmente os resíduos de clorotalonil foram os mais persistentes, sendo encontrados nas amostras de 28 dias em níveis significantes, especialmente no solo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Gilberto Casadei de Baptista; Oscar Bahia Filho; Jose Otavio Machado Menten; Octavio Nakano; Geraldo Papa; Gilberto Casadei de Baptista

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: estufa

ISBN:

Date of Publication:01/29/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.