Details

Caracterização de Leptospira spp. quanto àpresença e conservação dos genes da família lig: importantes alvos parautilização em vacina e testes de diagnóstico

by de Cerqueira, Gustavo Maia

Abstract (Summary)
Leptospiras patogênicas carregam um ou mais genes lig, os quais codificam paraproteínas da família Lig. As proteínas Lig (?Leptospiral immunoglobulin-like?) sãoimportantes fatores de virulência, e acredita-se que estejam envolvidos napenetração do tecido e na adesão da Leptospira às células do tecido hospedeiro. Atéo presente momento, as proteínas Lig são apontadas como um dos principais fatoresenvolvidos na patogênese de Leptospira spp. Três genes, ligA, ligB e ligC sãoconhecidos, os quais codificam para proteínas com o mesmo nome. O interesse pelacaracterização dos genes que codificam para as proteínas Lig surgiu pelo fatodestas apresentarem potencial imunoprotetor e como antígenos para testes dediagnóstico. Frente a esta constatação, fez-se necessário conhecer o grau deconservação destes genes para inferir se a utilização de uma destas proteínas comoantígeno vacinal seria capaz de induzir uma imunidade de amplo espectro. Dentre asespécies patogênicas de Leptospira, 4 tiveram seus genes lig seqüenciados nesteestudo, as quais compreendem L. interrogans, L. noguchii, L. weilli e L. borgpetersenii. Entreas proteínas Lig seqüenciadas até o momento, LigB oriunda de L. interrogansCopenhageni FIOCRUZ L1-130 aparece como a mais conservada quandocomparada com LigB de outras espécies. Com o alinhamento da seqüência dosgenes lig das diversas espécies, foi possível desenhar primers capazes de amplificarpor PCR um fragmento interno de cada um dos três genes. Esta abordagem permitiucomprovar a presença do gene ligB em todas as espécies patogênicas, enquantoligA aparece apenas em L. interrogans e L. kirschneri, e ligC é encontrado nas espéciesL. interrogans, L. kirschneri, L. weilli e alguns sorovares de L. noguchii. O seqüenciamentodo fragmento de ligB amplificado por PCR a partir do DNA de 33 sorovares de 6espécies, e sua análise comparativa juntamente com o fragmento correspondentepertencente aos genes ligB depositados no GenBank, possibilitou uma análisefilogenética onde verificou-se que é possível diferenciar as espécies pela seqüênciadeste fragmento.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Odir Antônio Dellagostin

School:Universidade Federal de Pelotas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: Leptospirose Sequenciamento Vacina

ISBN:

Date of Publication:03/31/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.