Details

Distribuição de espécies de columbídeos (Aves: Coliumbiformes), na zona urbana de Uberlândia, MG

by Cândido, Claudiney Rocha

Abstract (Summary)
Dentre as aves que vivem no ambiente urbano, podemos destacar os columbídeos (pombas erolinhas). Em função da sua capacidade de adaptação, várias espécies desse grupo se tornaramtolerantes à presença e transformações humanas. Os objetivos desse estudo foram: determinar adistribuição de espécies de columbídeos na zona urbana de Uberlândia, MG e correlacionar aocorrência dessas espécies com fatores ambientais (cobertura vegetal, tipos de edificações edistância em relação ao centro da cidade). O trabalho foi desenvolvido de março de 2005 afevereiro de 2006, pela manhã entre 6:30 e 9:30h. Foram selecionadas seis espécies decolumbídeos encontradas na cidade: Columba livia, Patagioenas picazuro, P. cayennensis,Zenaida auriculata, Columbina talpacoti e Columbina squammata. Os dados foram coletadosem 24 praças selecionadas da área urbana, nas duas estações do ano (seca e chuvosa). Paraquantificar os registros foram feitas sessões de observação de 12 minutos por praça, totalizando434 sessões e 86,8 horas de observação. A freqüência de registros em cada sessão foi calculadadividindo-se a freqüência de registros de cada espécie pelo tempo de duração da sessão. Foirealizada uma análise de agrupamento e correlação da composição das espécies em relação aosfatores ambientais pelo teste de Mantel. Todas as espécies de columbídeos foram registradas,sendo que Z. auriculata apresentou a maior freqüência média de registros ( X =2,0±1,6). Essamesma espécie ocorreu mais frequentemente no centro ( X =2,7±1,6) do que na periferia( X =1,3±0,6). Em apenas uma praça (Praça Anahyta Tannus) foram registradas todas asespécies. A freqüência média de registros de columbídeos é maior na região central que naperiférica tanto na estação chuvosa ( X centro=0,7±1,2; X periferia=0,5±0,6) quanto na seca( X centro=0,9±1,9; X periferia=0,3±0,8). A estação seca apresentou maior freqüência média deregistros. Análise de composição por agrupamento mostrou a formação de um grupo contendo amaioria das praças centrais separadas das periféricas; entretanto, algumas praças centrais foramagrupadas com periféricas. Apenas a distância até o centro foi significativamentecorrelacionada com a distribuição de espécies de columbídeos na área urbana de Uberlândia(r=0,2111; p<0,05).
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Celine de Melo; Caio Graco Machado Santos; Oswaldo Marçal Junior

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Praças Ambiente urbano Ecologia urbana

ISBN:

Date of Publication:05/30/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.