Details

Análise das iniciativas regionais no Vale do Itajaí orientadas para arranjos produtivos locais: PEAP, um estudo de caso

by Machado Guaragna, João Batista

Abstract (Summary)
Discussões sobre modelos estruturais objetivando ganhos de competitividade vêm sendo realizadas desde longa data, com evidências há pelo menos um século. O modelo de distritosindustriais já existe desde o início do século XX, e têm sido aprimorado ao longo dos anos. Atualmente, o modelo de clusters têm sido bastante difundidos, ganhando força no Brasil com o conceito de arranjos produtivos locais. Estudando características específicas deste conceito, procurou-se , via fundamentação teórica e via experiências mundiais e no Brasil, comparar as condições existentes nas situações pesquisadas, e ações realizadas localmente na região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. O objetivo, foi qualificar a região em termos de características estruturais, e verificar como iniciativas ocorridas na região poderiam contribuir para configurarum arranjo produtivo local. Para este fim, uma iniciativa específica foi escolhida como objeto de estudo, o projeto Parceria Empresarial para Arranjos Produtivos (PEAP), uma iniciativa de 13 empresas locais, com o apoio da Fundação Fritz Muller, e da Universidade Regional de Blumenau (FURB).O estudo desenvolvido foi exploratório, onde foi utilizada a técnica de análise documental, utilizando-se pesquisa bibliográfica, atas e dados disponíveis sobre as experiênciasde arranjos produtivos em locais diversos, e mais especificamente documentos das iniciativas regionais. A pesquisa, por utilizar dados documentais e por ser essencialmente comparativa quanto a experiências e dados disponíveis de ações regionais, caracteriza-se por ser uma pesquisa qualitativa, com utilização de método comparativo. Considerando-se os acontecimentos ocorridos no Vale do Itajaí, na caracterização, estudaram-se diferentes iniciativas regionais. Quanto às ações visando o atendimento de práticas coletivas, as quais poderiam ser classificadas conceitualmente em arranjos produtivos, a pesquisa considerou, além das iniciativas regionais, mais especificamente ações do grupo de até 13 empresas inicialmente participantes do projetoParceria Empresarial para Arranjos Produtivos (PEAP) do Vale do Itajaí. Os resultados obtidos comprovam que a região está bem caracterizada como um aglomerado, uma vez que há uma série de ações que evidenciam esta caracterização, que estão descritas na pesquisa. Existe também um potencial acentuado da região tornar-se um arranjo produtivo local no ramo têxtil. Porém, ainda existem dificuldades, principalmente quanto a governança do arranjo, uma vez que as iniciativasnão são coordenadas. O programa PEAP mostra algumas ações neste sentido, porém limita-se ainda a algumas atividades conjuntas. A necessidade de atitudes mais arrojadas, principalmente em procedimentos coletivos ligados à produção e produtividade, além de maior representatividade no meio empresarial da região, que foram identificadas e descritas na conclusão deste trabalho
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Jose Carvalho de Souza Domingues; Valmir Emil Hoffmann; Pedro Paulo Hugo Wilhelm

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:arranjos produtivos locais ADMINISTRACAO Conglomerados (Empresas); Produtividade

ISBN:

Date of Publication:09/23/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.