Details

Análise da tolerância à salinidade em plantas de Sorgo, feijão-de-corda e algodão

by Carvalho de, Carlos Henrique

Abstract (Summary)
O objetivo deste trabalho foi avaliar os teores e distribuição de íons e alguns parâmetrosmorfosiológicos associados com a tolerância à salinidade em plantas de sorgo, feijão-de-corda e algodão. As plantas foram cultivadas em vasos contendo 15 kg de areia lavada, em condições de casa-de-vegetação, e irrigadas com águas com três níveis de salinidade (0,5, 4,0 e 8,0 dS m-1). O experimento foi montado seguindo um delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 3 x 3 (3 espécies x 3 níveis de salinidade), com quatro repetições. Durante a condução do experimento foram mensuradas a altura da planta e o consumo de água. Após 42 dias do início dos tratamentos foram medidasgt; acúmulo de sais na água drenada e no solo, a área foliar e a produção de matéria seca de folhas, caules e raízes. Foram também determinados: a suculência foliar, a massa específica foliar, a partição de carbono e os teores de Na+, Cl-, K+, Ca2+ e prolina. A aplicação de água salina afetou a partição de carbono, reduziu o crescimento e o consumo de água pelas plantas, e provocou acúmulo de sais na água drenada e no solo. No entanto, as percentagens de extração de sais foram baixas nas três espécies, sendo maior em algodoeiro e menor em sorgo A tolerância à salinidade foi avaliada através dos dados de crescimento, os quais confirmaram a maior sensibilidade do feijão-de-corda e a maior tolerância do algodão. O algodão se diferenciou das duas outras espécies por apresentar maior acúmulo e retenção de Na+ e Cl- nas raízes, maior acúmulo desses íons nos limbos foliares, menores alterações nos teores de K+ e aumento nos teores de prolina em resposta ao aumento da salinidade. O sorgo apresentou menores teores de íons potencialmente tóxicos (Na+ + Cl-) nos limbos foliares, porém, apresentou reduções nos teores de K+ e Ca2+ na parte aérea. O elevado acúmulo de Cl- nas folhas, associado à falta de outros mecanismos eficientes de proteção, contribuiu, pelo menos em parte, para a maior sensibilidade do feijão-de-corda ao estresse salino.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Claudivan Feitosa de Lacerda

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Tolerância à salinidade água salina

ISBN:

Date of Publication:10/21/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.