Details

Avaliação da qualidade de vida pelos instrumentos SF-36 e Perfilde Saúde de Nottingham em pacientes submetidos à operação de Capellapor via laparotômica

by Viana Omonte, Ivan Rene

Abstract (Summary)
Introdução: A obesidade resulta em diminuição do estado de saúde e apresenta elevação de sua prevalência mundial, tornando-se problema de saúde pública em diversos países. Dados nacionais demonstraram a mesma tendência em nosso país. A cirurgia bariátrica tem proporcionado perda de peso substancial e duradoura, com aumento da longevidade. A crescente prevalência da obesidade associada à elevação da popularidade do tratamento cirúrgico tem contribuído para o crescimento do número de procedimentos realizados. Objetivo: Avaliar o impacto da operação de Capella, por via laparotômica, na qualidade de vida de pacientes obesos utilizando os instrumentos SF-36 e Perfil deSaúde de Nottingham, um e dois anos após o procedimento cirúrgico.Casuística e Método: Setenta e sete pacientes consecutivos, 59 (76,60%) do gênero feminino, submetidos à operação de bypass gástrico em Y de Roux por laparotomia (técnica de Capella), entre maio de 2002 e julho de 2002, foram avaliados pelos questionários SF-36 e Perfil de Saúde de Nottingham. Essa avaliação foi realizadaantes da operação e um e dois anos após a mesma. A média de idade foi 39,08 ± 10,30 anos (18 a 64 anos). A média de índice de massa corporal no pré-operatório foi de 44,74 ± 6,72 kg/m². Um ano e dois anos após a operação, as médias de índice de massa corporal foram respectivamente de 29,35 ± 5,05 kg/m² e 26,88 ± 4,27 kg/m². Maiorescore do SF-36 implicou melhor saúde e baixo índice implicou pior saúde. Por outro lado, menor escore do Perfil de Saúde de Nottingham implicou melhor saúde e maior escore implicou pior saúde.Resultados: Antes da operação, todas as escalas do SF-36 foram baixas, enquanto todos os índices do Perfil de Saúde de Nottingham foram altos. Piores escores foram observados, no pré-operatório, em aspectos físicos/SF-36 (35,71) e energia/PSN (60,60). Houve melhora significante em todos esses aspectos após tratamento cirúrgico. Todas as escalas foram melhores com um ano de seguimento. Essa tendência foi observada também aos dois anos de seguimento.Conclusão: Ocorre melhora na qualidade de vida, no pós-operatório da operação de Capella por via laparotômica, em todas as escalas dos instrumentos SF-36 e Perfil de Saúde de Nottingham, independentemente do tempo de avaliação (um ou dois anos).
Bibliographical Information:

Advisor:Paulo Roberto Savassi Rocha; Luci Fuscaldi Teixeira Salmela; Carlos Alberto Malheiros

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:gastroenterologia teses dissertaã§ã£o da faculdade de medicina ufmg derivaã§ã£o gã¡strica decs qualidade vida resultado tratamento obesidade cirurgia questionã¡rios perã­odo pã³s operatã³rio laparotomia adulto meia idade bariã¡trica estatã­stica dados numã©ricos perda peso estã´mago intestinos indicadores bã¡sicos saãºde dissertaã§ãµes acadãªmicas

ISBN:

Date of Publication:09/19/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.