Details

Avaliação da qualidade ?pós-produção? de pimenta ornamental (Capsicum annuum L.) cultivada em vaso

by Segatto, Fernanda Bastos

Abstract (Summary)
Vários são os problemas encontrados na fase pós-produção que afetam a qualidade e a vida de vaso de plantas e flores ornamentais em geral, sendo a exposição ao etileno e as baixas irradiâncias as quais são submetidas durante o transporte e a comercialização um dos mais importantes. Desta forma, este trabalho teve como objetivo avaliar fatores que afetam a pós-produção de genótipos de pimenta ornamental, espécie Capsicum annuum L., bem como, caracterizar o conteúdo de vitamina C, TSS e o acúmulo de capsaicinóides nos frutos. Para a avaliação dos fatores pós- produção como sensibilidade ao etileno e os efeitos causados pela baixa irradiância durante o transporte e a comercialização além da caracterização bioquímica, foram utilizados quatro genótipos: acesso BGH 1039, acesso BGH 7073, cultivar Calypso e cultivar MG. Já para avaliação da influência do tempo de exposição e concentração de etileno, bem como a ação do 1-MCP utilizou-se o acesso BGH 1039 e cultivar Calypso devido à alta sensibilidade ao etileno (verificado em experimento preliminar). Foi verificado em todos os genótipos alto conteúdo de vitamina C e sólidos solúveis totais. O acesso BGH 7073 apresentou alta concentração de capsaicina e dihidrocapsaicina. Os maiores teores de capsaicina e dihidrocapsaicina foram observados em frutos imaturos para a maioria dos genótipos estudados ocorrendo decréscimo com o amadurecimento. A fotossíntese dos genótipos de pimenta ornamental cultivados em vaso diminuiu consideravelmente após 48 h de escuro e sem irrigação. Em condições de interior (8-10 amp;#956;mol s-1 m-2), os genótipos de pimenta ornamental estavam sob condições de irradiância próximo ao ponto de compensação luminoso. Os genótipos BGH 1039, BGH 7073, Calypso e MG apresentaram diferentes níveis de sensibilidade ao etileno. As folhas dos quatro genótipos de pimenta ornamental estudados apresentam maior sensibilidade ao etileno que os frutos, exceto para a cultivar Calypso, a qual não apresentou abscisão dos frutos após aplicação de etileno, não diferindo do controle. O 1-MCP reduziu a abscisão das folhas do acesso BGH 1039 e cultivar Calypso. O prétratamento com 1 amp;#956;L L-1 de 1-MCP foi efetivo em bloquear a ação do etileno na concentração de 10 amp;#956;L L-1 aplicado por 48 h, aumentando a qualidade e a durabilidade comercial durante o transporte e a comercialização de plantas de pimenta ornamental em vaso.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:José Geraldo Barbosa; Raimundo Santos Barros; Cleide Maria Ferreira Pinto; Paulo José de Moraes; Fernando Luiz Finger

School:Universidade Federal de Viçosa

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Pimenta ornamental Pós-produção

ISBN:

Date of Publication:12/17/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.